03 jul 2015

Alimentados pela fé, alcançamos o céu

Alimentados pela fé, alcançamos o céu. O lugar de alimentarmos nossas dúvidas e questionamentos é no coração de Jesus, Ele é a resposta e o sustento da nossa fé!

“Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!” (João 20, 29).

 

Nós temos hoje a graça de celebrar a festa do apóstolo São Tomé. Para alguns, São Tomé é o apóstolo da incredulidade devido à sua falta de confiança e fé, pois, por não ter visto Jesus ressuscitado, ele exige uma prova de fé: tocar no Senhor para que pudesse ver e acreditar [na ressurreição do Senhor].

Tomé é, para nós, o apóstolo que talvez melhor configure o cristão dos dias de hoje, porque ele tem muito ânimo, muita disposição e é ele quem diz no Evangelho de São João, capítulo 11, versículo 16: “Vamos também nós, para morrermos com ele”. A disposição dele é de dar a vida por Jesus, de morrer junto com o Senhor e, quando não sabe algo, questiona. E porque Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (João 14, 6) é como se Tomé Lhe perguntasse: “Mostra-nos o caminho, Senhor! Que caminho é este?“.

Nós que, muitas vezes, escutamos a Palavra do Senhor e a achamos bela, profunda e verdadeira, também perguntamos: “Como? Quando? De que maneira?”. E Tomé não teve medo, não teve nenhuma hesitação em perguntar e questionar.

Sabem, meus irmãos, nós nem sempre temos respostas para tudo, nós nem sempre encontramos soluções para tudo em nossa vida. E, muitas vezes, paramos em respostas e em soluções superficiais para poder satisfazer o nosso ego e a nossa racionalidade. E, frequentemente, temos medo das questões.

Isso não significa que devamos ser  pessoas que duvidam de tudo e desacreditam de tudo; pelo contrário, pela fé, nós sabemos em quem cremos e em quem acreditamos. Quando não sabemos algo, não nos custa nada perguntar isso a quem pode nos ajudar. Quando temos dúvidas e receios, nós não nos tornamos menos de Deus ou menos fervorosos na fé por não termos convicção disso ou daquilo. O importante é que nos alimentemos e nos enchamos da verdade da fé aos pés d’Aquele que pode nos preencher e alimentar a nossa própria fé.

O lugar do discípulo de Jesus é aos pés do Seu Mestre. O lugar dos apóstolos de Jesus é junto à Palavra de Deus, para com ela crescer, se alimentar e se saciar. O lugar de alimentarmos nossas dúvidas e questionamentos é no coração de Jesus, Ele é a nossa resposta, ainda que, muitas vezes, não seja a resposta racional que queremos, mas é o sustento da fé com a qual nós cremos e acreditamos!

Nós não vamos ver com os olhos da carne as realidades profundas da vida no Espírito, da vida em Deus. A fé é maior do que os olhos da carne quando a [fé] alimentamos, por meio dela vamos longe e tocamos em graças incontáveis. Podemos até desanimar, nos cansar, mas se alimentamos nossa fé, nós vamos bem longe! E o mais longe que ela pode nos levar é o céu – o lugar da morada dos justos – daqueles que creem em Deus e têm n’Ele o sentido de sua vida!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

.

Comentários

comentário(s)

↑ topo