15 Nov 2018

O Reino de Deus acontece na vida daquele que se rende a Jesus

O Reino de Deus acontece para aquele que entrega a sua vida para viver as práticas do Reino de Deus

O Reino de Deus não vem ostensivamente. Nem se poderá dizer: ‘Está aqui’ ou ‘Está ali’, porque o Reino de Deus está entre vós” (Lucas 17,20-21).

Os fariseus se aproximaram de Jesus para perguntar qual era o momento que o Reino de Deus chegaria em nosso meio. Eles entendiam que o Reino de Deus era a chegada triunfal de Deus e, que aqueles que eram de Deus estariam com Ele. A mentalidade não é essa. Primeiro, precisamos compreender o que é o Reino de Deus.

O Reino de Deus é o Rei Jesus no meio de nós; é Jesus sendo o Senhor da nossa vida; é proclamarmos o Senhorio d’Ele naquilo que fazemos. O Reino de Deus não é como os reinos deste mundo. O Reino de Deus acontece na vida daquele que se rende a Jesus. O Reino de Deus acontece para aquele que entrega a sua vida para viver as práticas do Reino de Deus.

Não queiramos imaginar o Reino de Deus fantasioso e mágico, pois ele é a vida transformada e entregue à causa do Reino. O Reino de Deus está no meio de nós quando vivemos Jesus na nossa vida, e sim quando vivemos e levamos a vida em nome d’Ele. O Reino de Deus está no meio de nós quando as nossas práticas e os nossos atos condizem com a verdade do Evangelho.

Caminhamos no meio das trevas, no mundo perdido, pernicioso, maldoso e, no meio deste mundo, fazemos o Reino de Deus acontecer quando somos fermento, sal, luz e quando testemunhamos aquilo que acreditamos.

Ás vezes, as pessoas reclamam: “Padre, no meu trabalho o clima é tão difícil, o clima é tão pesado. Lá não tem lugar para viver bem, porque todas as pessoas são maldosas”. Leve o Reino de Deus para o seu trabalho, não se azede, não se amargue. Seja a presença testemunhal de Deus em meio às trevas. Talvez, as trevas que existe lá no seu trabalho , na sua casa, na sua família, na sua rua e na sua cidade. Não seja uma luz apagada, seja uma luz viva.

Você chega numa Igreja e está lá a luz do Sacrário acesa, ela  representa: “Jesus está aqui!”. Onde você estiver, precisa ser como essa luz do Sacrário, não brilhando e nem chamando a atenção para si, mas as pessoas vendo o seu testemunho de vida, a sua simplicidade, sua humildade. Vendo que você não fala mal de ninguém, vendo que você não cai nas fofocas que todo mundo cai, vendo que você não pratica as mazelas, aquelas maldades perniciosas das pessoas colocando umas contra as outras, se entregando e entregando os outros.

Você, não vivendo o que os outros vivem, mas vivendo com simplicidade e discrição, ali o Reino de Deus estará e acontecerá.

Precisamos dessa força evangélica para testemunhar o Reino de Deus, porque, muitas vezes, até quando as pessoas se reúnem para falar de Deus, o Reino de Deus não acontece, pois o coração não se desarma da maldade.

Quando nos armamos da bondade de Deus e das virtudes evangélicas, o Reino de Deus está presente no meio de nós.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Ajude a Canção Nova!

0%

Confira a ediçao especial da revista
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.