22 out 2013

Tenhamos vigilância e cuidado com nossas atitudes

Aquele que dirige a sua própria vida deve ter vigilância e cuidado com ela. Vigilância e cuidado com seus atos e suas atitudes, e nunca agir de forma irresponsável.

“Sede como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento, para lhe abrirem, imediatamente, a porta, logo que ele chegar e bater” (Lc 12,36).

A Palavra de Deus, meditada hoje por nós, nos ensina que devemos ser atentos, vigilantes, cuidadosos, responsáveis com a nossa vida com as nossas atitudes. Que não conduzamos a vida de forma desordenada, desregrada ou totalmente despreocupados como se o Senhor não fosse voltar, como se o Dono da casa, o Dono da vida, como se o Dono da nossa existência não fosse, um dia, nos chamar para prestar contas do que vivemos, do que fazemos, com esse maior dom que Ele nos deu, que é a nossa vida.

O estar com os rins cingidos e com as lâmpadas acesas significa estarmos de pé, atentos. Essa atenção, que devemos ter com relação à nossa vida, recebe o nome de “cuidado”. O cuidado aqui é sinônimo de delicadeza e responsabilidade. É o cuidar de todos os nossos atos, não sendo insensatos e fazendo as coisas como se elas não tivessem consequências.

Tudo aquilo que fazemos tem uma consequência, seja a curto ou a longo prazo, para a nossa vida, para a vida dos outros e, muitas vezes, para a vida da própria humanidade.

Talvez estejamos vivendo coisas desastrosas na humanidade ou entre nós, na nossa casa, na nossa vida, na própria família, porque não fomos atentos ou vigilantes nesta ou naquela circunstância. Porque fizemos as coisas de qualquer jeito. Imagine um motorista dirigindo, despreocupado na estrada, achando que pode fazer qualquer coisa.

A nossa falta de cuidado, de atenção ou de diligência, muitas vezes, pode provocar desastres com consequências horríveis para a vida de muitos.

Aquele que dirige a sua própria vida deve ter vigilância e cuidado com ela. Vigilância e cuidado com seus atos e suas atitudes, e nunca agir de forma irresponsável. Ter atenção significa cuidar dos nossos atos e ser responsáveis pelas nossas atitudes. Que Deus abençoe você!

Que Deus abençoe você!

:: Ouça esta reflexão no Canal Pod Homilia


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários