27 jun 2016

Só os corações livres podem seguir Jesus

Tenhamos a liberdade de assumir nossos compromissos com o coração ligado, sintonizado e preso ao coração de Nosso Deus

Senhor, permite-me que primeiro eu vá sepultar meu pai. Mas Jesus lhe respondeu: “Segue-me, e deixa que os mortos sepultem os seus mortos” (Mateus 8, 21-22).

 

As palavras do Mestre podem parecer, hoje, muito duras ao nosso coração, mas precisamos assumir, no Espírito, o significado delas, para que nos ensine a viver o Evangelho em nossa vida.

A primeira coisa a se falar: “O Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça”. Quando queremos seguir Jesus, quando decidimos ser Seus discípulos, precisamos ter em mente que não recebemos compensação material ou financeira por causa disso. Vamos trabalhar, esforçar-nos para ganhar o pão com o suor do nosso trabalho, do nosso rosto, com nossa dedicação, porém seguir Jesus não nos torna mais ricos e melhores que os outros. De forma nenhuma! Muitas vezes, torna-nos mais pobres e despojados, porque assim era o Mestre.

O Mestre está dizendo que não tinha nem onde reclinar Sua própria cabeça: “As raposas têm suas tocas e as aves dos céus têm seus ninhos; mas ele não” (Mateus 8,20). Quem quer seguir Jesus tem que ter um sentimento de despojamento.

“Despojamento” não quer dizer viver uma vida desprovida ou de qualquer jeito, sem discernimento nem sabedoria. Mas saber viver um tempo de cada vez, saber viver o tempo da fartura, mas também o tempo das dificuldades e saber que, tendo ou não, Deus está nos abençoando. Nunca traduza bênção como posse, com ter muito ou com fartura. Bênção é estar na graça de Deus, ter o coração em Deus.

A segunda coisa muito importante é que aquele que queria seguir Jesus colocou uma desculpa: “Permite-me que primeiro eu vá sepultar meu pai”. Vamos colocando desculpas, para não colocarmos a mão no arado, para não nos comprometermos com o Reino de Deus e fazê-lo acontecer. As desculpas vão fazendo crescer a culpa dentro de nós.

Se você precisa cuidar de seu pai, de sua mãe ou seja lá de quem for, siga Jesus cuidando deles, seja discípulo de Jesus no que você tem para fazer, só não dê desculpas para a sua falta de compromisso. Pode ser que aquilo que você coloca como desculpa, você vá primeiro do que eles, e você não deixou de seguir, de cumprir sua missão, vocação ou o seguimento de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Deus quer que tenhamos um coração livre, pois só os corações livres podem segui-Lo. E “livre” não quer dizer não termos compromissos nem responsabilidades, mas a liberdade de assumir nossos compromissos com o coração ligado, sintonizado e preso ao coração de nosso Deus!

Deus abençoe você!

repensando-a-vida

Adquira em nossa Loja Virtual o livro do padre Roger


Comentários