12 fev 2014

Que o Espírito Santo purifique o nosso coração!

É uma tarefa diária para a nossa vida purificar o nosso interior! Que o Espírito Santo tire todas as impurezas que nos impedem de ter um coração verdadeiramente puro!

“Ele disse: ‘O que sai do homem, isso é que o torna impuro. Pois é de dentro do coração humano que saem as más intenções, imoralidades, roubos, assassínios, adultérios, ambições desmedidas, maldades, fraudes, devassidão, inveja, calúnia, orgulho, falta de juízo”’ (Mc 7, 20-22).

 

Meus queridos irmãos e irmãos, continuando a reflexão de Jesus sobre o sentido e a prática da religião, hoje o Senhor nos mostra que não existe nada mais sagrado, para a vivência da religião, do que ter um ”coração puro”. A pureza de coração é a tarefa principal da nossa vida. Nós gastamos tempo (e que bom que gastamos tempo!) para cuidar do nosso exterior. Sim, você vê as filas nos salões, o tempo que as pessoas gastam cuidando da barba, do bigode, do cabelo; e as mulheres cuidando das suas unhas. Que bom e como é importante fazer isso!  Se com essa mesma intensidade cuidássemos do nosso interior, a nossa beleza seria tão mais resplandecente, que nós gastaríamos muito menos com coisas externas e nos preocuparíamos bem menos com rugas e outras coisas mais. Porque é o que sai de dentro de nós que revela aquilo que nós somos.

É difícil, nós até conseguimos disfarçar, muitas vezes, nossas imperfeições com um sorriso falso, estica ali, estica aqui, nos as escondemos atrás de uma maquiagem e de uma bela roupa; mas o que vale é o que está dentro de nós.  O que nos torna impuros é aquilo que carregamos dentro do nosso interior. É o próprio Jesus quem nos diz que o adultério, a imoralidade, os roubos, as maldades, as fraudes, as devassidões, a calúnia, a maldade, etc., estão dentro do nosso coração. Por isso é uma tarefa diária para a nossa vida purificar o nosso interior!

Há muitos anos que, ao chegarmos à capital de São Paulo, vemos ali um trabalho que parece incansável para tentar descontaminar e despoluir o Rio Tietê. As máquinas tentando tirar as impurezas do rio, e como isso é difícil, porque deixaram as sujeiras se acumularem e crescerem, elas foram lá para o fundo do rio, e como é difícil retirá-las! Ele pode até parecer bonito, mas as águas dele já foram contaminadas.

Da mesma forma, nós até podemos parecer bonitos por fora, temos um belo sorriso, uma bela imagem, mas nós não podemos deixar de cuidar do nosso interior, do mais profundo da nossa alma. Há muita sujeira escondida, muita maldade escondida, muita impureza, muita raiva, muito ressentimento, muito rancor, coisas que fazem um mal terrível e que contaminam a nossa forma de falar. Quando menos imaginamos nós damos uma resposta atravessada e uma patada em alguém, quando menos imaginamos nós pensamos mal e querendo o mal do outro. Nós agimos assim porque as provocações não vêm de fora, elas vêm de dentro de nós, das coisas que não ficaram bem resolvidas em nosso interior.

Que Deus, no Seu amor infinito, nos dê essa alavanca maravilhosa, que se chama Espírito Santo, para que Ele venha purificar o nosso coração e o nosso interior, tirando todas as sujeiras e impurezas que nos impedem de ter um coração verdadeiramente puro!

Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Setembro

44%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários