27 Oct 2018

O remédio é nos convertermos e mudarmos de vida a cada dia

O remédio é nos convertermos, é mudarmos de vida a cada dia, inclusive, mudarmos a nossa cabeça

Mas se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo” (Lucas 13,3).

Algumas pessoas estavam intrigadas com o que aconteceu com o sangue dos galileus, que Herodes havia misturado depois de Pilatos ter mandado matá-los.

As pessoas estavam achando que aquela desgraça, aquele acontecimento negativo com os galileus era castigo, porque, no passado, fizeram alguma coisa de errado, e estavam pagando por isso.

Essa mentalidade é presente na cabeça de muitas pessoas até hoje! Algumas até, por crerem na reencarnação, acreditam que muitas pessoas, pobres e miseráveis, estão sofrendo, nos dias de hoje, porque, no passado, em outras encarnações, como costumam pregar, fizeram algo de errado; então, voltaram novamente aqui e estão passando por isso.

Precisamos, primeiro, refutar essa mentalidade, dizer que ela não é cristã. Toda e qualquer mentalidade, pregação ou afirmação que pregue a reencarnação, não condiz com a verdade evangélica.

O Evangelho é aquele que nos traz Jesus vivo e ressuscitado, e nos diz que nós também ressuscitaremos como Ele. Jamais voltaremos, em outras vidas, para pagar pelos males que possamos ter feito nesta vida.

Como diz a Carta aos Hebreus, o homem morre somente uma vez, e após a morte vem o julgamento. O julgamento não é para voltar à vida aqui na Terra!

A segunda coisa é que, mesmo aqui na Terra, não podemos pensar que as coisas negativas que possam acontecer com as pessoas sejam castigo. As fatalidades acontecem, como um acidente, uma situação trágica. Temos de lamentar, pois o coração doí! Precisamos procurar saber o que aconteceu, mas jamais imputar que um acidente ou situação trágica foi um castigo para a pessoa.

O nosso Deus é aquele que cuida, é aquele que ama a todos de forma incondicional. É verdade que toda ação gera uma reação, é verdade que podemos colocar a nossa vida em risco, mas jamais podemos afirmar, no Evangelho, que quem sofre este ou aquele mal é porque Deus está castigando.

O Deus do Evangelho é o Deus do amor, não é o Deus do castigo. Quando Ele nos diz que, quando não nos convertermos, vamos todos perecer do mesmo modo, é porque pode ser que uma pessoa sofra um acidente, passe por alguma situação trágica na vida, mas a graça de Deus cuidará dela. Mas se morrermos no pecado, nos afastamos d’Ele. Não há tragédia nem desgraça maior para a nossa vida do que essa.

O remédio é nos convertermos, é mudarmos de vida a cada dia, inclusive, mudarmos a nossa cabeça, a nossa mentalidade, para não pensarmos como o mundo nem nos deixarmos levar por mentalidades enganosas, que não correspondem ao Evangelho.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Ajude a Canção Nova!

0%

Confira a ediçao especial da revista
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.