22 abr 2017

O Mestre Jesus cura nosso coração da falta de fé

Permitamos que o Mestre Jesus cure o nosso coração de toda incredulidade e falta de fé

“Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto estavam comendo, repreendeu-os por causa da falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado” (Marcos 16, 14).

Hoje, São Marcos narra um fato muito interessante do encontro de Jesus ressuscitado com Seus discípulos. Primeiro, mostra-nos a incredulidade e a dureza de coração.

Maria Madalena, na qual Jesus expulsou sete demônios, encontrou-se com o Ressuscitado. E testemunhou aos discípulos que Jesus estava vivo, que Ele havia ressuscitado. Mas não deram crédito a ela, não quiseram acreditar e colocaram em dúvida o que ela estava anunciando.

Sabe, a questão de acreditar não é porque era Maria quem estava anunciando, mas sim porque ela estava falando o que as Escrituras haviam proclamado, e o próprio Cristo havia ensinado a Seus discípulos.

O Senhor fala pela boca dos pequeninos, fala pela boca dos que são desacreditados por nós. Ele usa tantos meios para nos falar e, muitas vezes, estamos com a cabeça e o coração fechados e não damos ouvidos ao que Ele fala pela boca de outros. Deus usa os meios que Ele quer para que cheguemos ao Seu conhecimento!

Maria Madalena levou uma vida toda errada, mas encontrou-se com o Senhor e foi transformada. Por isso, ela foi a primeira discípula, aquela que foi creditada para encontrar-se com o Senhor ressuscitado. Ela vai dizer isso aos outros, mas infelizmente o coração humano tão incrédulo, o coração de tantos homens que não se abrem à graça de Deus não puderam acreditar no testemunho dela.

Deste modo, Jesus repreende duramente os discípulos, primeiro pela falta de fé. Pois, sem fé não vemos nada, não acreditamos em nada do que Deus fez. Sem fé não contemplamos nem nos encontramos com Jesus Ressuscitado. Sem fé, a ação de Deus não acontece em nossa vida. Sem fé, a nossa vida não é transformada.

Precisamos repreender a nossa falta de fé, dizer ao nosso coração que ele não pode se comportar como se a fé não fosse o elemento principal da nossa vida.

Em seguida, Jesus repreende os discípulos pela dureza de coração, porque é muita dureza no coração! Não foi apenas a Maria que não deram crédito, não deram crédito a outros discípulos que haviam se encontrado com o Senhor ressuscitado.

Somos, muitas vezes, desacreditados, falamos e pensamos: “As pessoas não nos darão crédito!”. Mas, o problema não somos nós, não é aquilo que anunciamos. O problema é o coração humano tão duro e fechado!

Há pessoas que se o próprio Jesus aparecer em carne e osso não acreditarão, porque estão com o olhos fechados e não se abrem para contemplar as realidades da fé. Sem fé, o coração não se abre para Deus. E o coração que não se abre para a fé não se encontra com o Senhor vivo e ressuscitado.

Permitamos que o Mestre Jesus cure o nosso coração de toda incredulidade, falta de fé e abramos nosso coração para que em nós se manifeste a luz de Cristo Jesus!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Setembro

50%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários