11 maio 2015

O Espírito Santo de Deus vem em socorro de nossas fraquezas

O Espírito Santo de Deus vem em socorro de nossas fraquezas. Da nossa parte é preciso colaboração, entrega, disposição e submissão para que Ele realize em nós a obra de Deus!

Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim” (João 15,26).

Nós não podemos testemunhar Jesus ao mundo sem o auxílio, sem a força e sem a luz do Paráclito, que é o Advogado, o Defensor, o Iluminador, o Espírito Santo de Deus. Ele é a promessa de Jesus, o Prometido do coração do Pai, Aquele que vem para iluminar a face mais obscura da mente e do coração humano.

O Paráclito é aquele que conduz o nosso coração à verdade para que conheçamos e amemos a verdade. O Paráclito é a luz de Deus, que vem em socorro de nossas fraquezas, porque não temos uma só, temos muitas fraquezas: no corpo, na alma, no espírito, na vontade e na mente (cf. Romanos 8, 26). E como precisamos ser fortalecidos e iluminados por Ele!

Quantas vezes estamos em meio às trevas e não sabemos para onde ir; contudo, não estamos sozinhos! Jesus e o Seu Pai, muito amado, conhecem e sabem de nossas fraquezas, da fragilidade humana que nós somos, e para não ficarmos sozinhos (porque Jesus voltou para o seio do Pai), Eles nos enviam do céu o Seu Espírito. Espírito que é Pessoa, não é apenas uma personificação de algo celeste, mas é tão Pessoa quanto o Pai e o Filho. O Paráclito tem o Seu lugar na ação divina de governar, cuidar e reger o mundo, a nossa alma e o nosso coração.

Render-se a Deus é se render ao Seu Santo Espírito; entregar-se a Deus é se entregar ao Seu Santo Espírito. Por este motivo Ele se chama Paráclito, porque Ele é Advogado, é Intercessor, é Consolador, Ele faz e refaz em nós toda a ação de Deus! Da nossa parte é preciso colaboração, entrega, disposição e submissão para que Ele [Paráclito] realize em nós a obra de Deus!

Nós não podemos abrir mão da ação do Espírito de Deus em nós; ação contínua, entrega contínua. O Espírito que nos batizou, que nos crismou, vem em nosso socorro todas as vezes em que O invocamos e vem a nós pela Eucaristia. Nós precisamos no Espírito e pelo Espírito!

Por essa razão, no início desta semana nós nos rendemos, nos entregamos e colocamos toda a nossa vida, tudo aquilo que somos e vivemos à disposição do Espírito Santo de Deus; pedindo que Ele venha a ser realmente nosso Paráclito, nosso Advogado, que venha em auxílio, em socorro e em auxílio da nossa fraqueza para não desanimarmos, para não desistirmos e para não pararmos em nossas fraquezas e nossos fracassos.

Espírito Santo de Deus, vinde em nosso auxílio! Vinde em nosso socorro e apressai-Vos em nos socorrer!

Deus abençoe você!

Comentários