25 mar 2016

O amor de Deus vai até as últimas consequências

Deus é capaz de sacrificar Seu dom mais sublime, Seu Filho excelso, para mostrar o tamanho do amor que tem para conosco

Era desprezado como o último dos mortais, homem coberto de dores, cheio de sofrimentos; passando por ele, tapávamos o rosto; tão desprezível era, não fazíamos caso dele” (Is 52,13).

 

Celebrando, hoje, a Paixão Redentora de Nosso Senhor Jesus Cristo, queremos contemplar Suas chagas, Seu sofrimento, abatimento e o desprezo que pairou sobre Ele.

Contemplando o Cristo crucificado, Seu rosto desfigurado e desfalecido pela maldade humana, queremos suplicar a Jesus, que por nós morreu na cruz: “Tende misericórdia e compaixão da nossa natureza humana, que padece, que sofre sem Tua graça, sem Teu auxílio. Jesus, que morre na cruz e do Seu lado aberto brota sangue e água, lavai nossos pecados e todas as nossas feridas”.

Quando contemplamos o Cristo crucificado, podemos entender a loucura da paixão de Deus por cada um de nós. Ele é capaz de sacrificar Seu dom mais sublime, Seu Filho excelso, para mostrar o tamanho do amor que tem para conosco.

Por isso, hoje, celebramos o amor de Deus, contemplamos o amor divino de uma forma extrema e sublime. Como Deus nos ama! Ama-nos de forma única e sem igual; vai até as últimas consequências para nos dizer: “Eu te amo e dou minha vida por ti!”.

Contemplando o Cristo crucificado, pregado na cruz, contemplamos o rosto de tantos sofredores da humanidade. Voltamo-nos para aqueles que vivem os dramas das guerras, das perseguições em toda a parte do planeta. Voltamos o nosso olhar para o Cristo doente, que padece no leito de nossos hospitais e casas. Contemplamos o Cristo crucificado, que está numa cama vivendo entregue às dores e aos sofrimentos. Contemplamos o rosto do Crucificado no rosto de tantos sofredores.

Há tantas pessoas vivendo a miséria e o desprezo humano e neles está o Cristo pobre, sofredor e crucificado!

Que a Paixão Redentora de Cristo faça-nos mais humanos, para cuidarmos da humanidade tão sofrida, necessitada de cuidados, reparos, atenção e entrega!

Cristo Jesus, que morreu por causa de nossos pecados, tende misericórdia de nós!

repensando-a-vida

Adquira em nossa Loja Virtual o livro do Padre Roger


Comentários