12 jun 2016

Jesus acolhe todos os pecadores

Jesus não faz distinção de pessoas; ao contrário, é Aquele que sabe amar, olhar e cuidar da pessoa por mais pecadora que ela seja

Os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados porque ela mostrou muito amor. Aquele a quem se perdoa pouco, mostra pouco amor” (Lucas 7, 47).

 

Jesus está na casa de um fariseu, foi convidado por ele para fazer uma refeição, mas, junto àquela mesa, aproxima-se uma mulher conhecida como pecadora. Ela não se conteve em demonstrar todo seu amor e arrependimento aos pés do Senhor. Ela mesmo traz um perfume para jogar nos pés do Mestre; chora e, com suas lágrimas, banha os pés d’Ele. Ela usa seus próprios cabelos para enxugar os pés de Jesus.

O fariseu fica incomodado, dizendo: “Jesus não sabe que mulher é essa, que está se aproximando d’Ele?” (cf, Lucas 7, 39). Mas Jesus sabia quem era aquela mulher e também sabia quem era aquele fariseu que O havia convidado para estar em sua casa.

O Senhor não faz distinção de pessoas; ao contrário, é Aquele que sabe amar, olhar e cuidar da pessoa por mais pecadora que ela seja. Jesus está nos dizendo que a Igreja, que é cada um de nós, é o lugar propício para chegar aos pecadores, para acolhê-los, e [esses pecadores] somos cada um de nós e nosso coração

Não podemos fazer da nossa igreja nem de nossa casa uma “casa de fariseus”, onde todos parecem justos, honestos e bondosos, quando, na verdade, temos o orgulho sobrepondo todas as coisas; uma soberba de nos acharmos melhores que os outros, que nos faz deixar de fora aqueles que são tão amados por Deus.

Você já curtiu nosso Facebook?

Às vezes, não nos convertemos de verdade, porque não sabemos demonstrar arrependimento por nossos pecados, até por não reconhecermos que os temos, estamos sempre dando desculpas por nossas falhas. Entretanto, aquele que reconhece seus pecados, sejam eles pequenos ou grandes, demonstra por gestos, atitudes, penitência e lágrimas o arrependimento de seus pecados. Por isso, ele é amado e recebe uma dose maior do amor de Deus.

A quem muito se ama, muito se perdoa. A quem muito precisa de perdão, muito se dá amor. Porém, quem não precisa de perdão nem se reconhece pecador, como vamos demonstrar o nosso amor?

No dia de hoje, somos convidados a olhar para o nosso coração. Não sejamos hipócritas nem fariseus, não somos melhores que ninguém; somos pecadores como todos os outros.

Se a misericórdia de Deus nos alcançou, louvado seja Deus! Precisamos agora ser misericórdia do Senhor para os outros!

Deus abençoe você!

repensando-a-vida

Adquira em nossa Loja Virtual o livro do padre Roger


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Outubro

42%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários