30 jul 2016

Disciplinemos nossa cabeça

Precisamos nos cuidar, colocar a nossa barba de molho e pedir a Deus, todos os dias, a graça de não perdermos a cabeça

“Instigada pela mãe, ela disse: ‘Dá-me aqui, num prato, a cabeça de João Batista’” (Mateus 14, 8).

 

Herodes foi o homem que perdeu a cabeça. Além de ser um tetrarca, aquele que governava parte da Judeia era um homem com más inclinações. Ele perdeu a cabeça quando se deixou levar pelo adultério, pela cobiça, pela vida dupla e a mentira. Ele foi capaz de roubar a mulher de seu irmão.

Sabe, meus irmãos, não é o momento nem se deve, aqui, olhar para Herodes que já faleceu e, simplesmente, jogar-lhe pedras ou jogarmos pedras nos ‘Herodes’ de hoje.

Precisamos nos cuidar, colocar a nossa barba de molho e pedirmos, todos os dias, a Deus a graça de não perdermos a cabeça! Quando o pecado entra no coração de uma pessoa, ele vai para a cabeça e logo se perde. A cabeça perde os valores mais essenciais que aprendeu, que ensinou durante tanto tempo.

O pecado ilude, engana, seduz e a pessoa não perde somente a cabeça, mas o coração, a direção, os valores, e faz o errado como se fosse o certo. Existem tantas justificativas para dar ao pecado, o fato é que existem muitos ‘Herodes’ no meio de nós. Não pela maldade, perdoe-me a comparação, mas pelas cabeças perdidas, pelas cabeças entorpecidas pelo mal. Esse Herodes está dentro de nós quando não cuidamos em ter juízo, quando não disciplinamos os nossos sentimentos, afetos e nossa própria razão.

O mundo tem suas belezas, porque Deus o criou assim, mas se tornou um mar de sedução e ilusão.

Quantos pais abandonam suas famílias! Não entro aqui no jugo de um casamento que passa por dificuldades e assim por diante, mas preciso falar como João Batista falou, por isso cortaram sua cabeça, porque ele disse a verdade. Existem muitos homens e mulheres que se deixam levar pelos encantos sedutores e se vão. Sei que há casamentos que se rompem, há enlaces matrimoniais que já se perderam. Eu não posso dizer que o correto é estar com alguém, ter alguém ao seu lado e começar logo uma relação com outra pessoa. De forma nenhuma, isso é justo e correto, não podemos andar com a cabeça perdida, porque realmente outras coisas se perderão.

Resolva a sua vida, resolva-se diante de Deus, mas seja honesto, correto com quem você vive. Por mais que as coisas não estejam bem, isso não lhe dá o direito de procurar outra pessoa para resolver suas situações. Resolvemo-nos primeiro diante de quem nos comprometemos, diante de Deus e da verdade! O que não podemos é perder nossa cabeça!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários