14 jul 2015

Deus espera pela nossa conversão

Não nos acostumemos nem permitamos que a nossa fé dependa de milagres, pois o grande milagre a ser alcançado é a nossa conversão e a nossa mudança de vida!

“Jesus começou a censurar as cidades onde fora realizada a maior parte de seus milagres, porque não se tinham convertido” (Mateus 11, 20).

 

Todos nós ansiamos por milagres, e os milagres de Deus estão por toda a parte. A vida é o maior milagre, viver é uma graça sublime, contemplar a criação de Deus, a beleza e o esplendor do universo é um milagre supremo. Ver as vitórias de Deus acontecendo no meio de nós e as graças que nós alcançamos são provas enormes da ação amorosa do Senhor no meio de nós.

No entanto, deixe-me lhe dizer uma coisa: não se conforme com os milagres, não ache tudo muito comum, tudo muito normal. É tão belo poder a cada dia contemplar o pôr do sol, mas lembre-se de que este pôr do sol ou este nascer do sol é único, é o milagre do universo que acontece a cada dia. É tão bom contemplar a nossa respiração e ver o que somos, como nos movemos e onde nós estamos.

Estamos, realmente, no meio de muitos milagres de Deus. É claro que existem milagres extraordinários, curas milagrosas e pessoas que alcançaram esta ou aquela graça, mas os milagres de Deus estão por toda a parte. E nós não precisamos apelar para viver só de milagres, porque o maior milagre que pode acontecer é a nossa conversão!

Os grandes milagres da vida são as pessas convertidas a Deus. Quando olhamos para a vida de São Paulo, de Santo Agostinho, de Francisco de Assis, dizemos que eles são milagres! Eles eram verdadeiros espinhos que se transformaram em flores para o Reino de Deus.

E nós? Já permitimos o milagre de Deus acontecer em nossa vida? Muitos, na época de Jesus, escutaram Sua Palavra, Seus ensinamentos e se admiraram com as graças e os milagres, mas não se converteram a Ele. Talvez nós corramos esse sério risco de ver o Reino de Deus acontecer entre nós e não permitir o grande milagre se realizar em nós.

Por essa razão, Jesus, hoje, nos adverte sobre esse risco e censura aquelas cidades que foram agraciadas com tantas graças do Senhor e não se converteram. Por favor, meus irmãos e minhas irmãs, não nos acostumemos e não permitamos que a nossa fé dependa de milagres, pois o grande milagre a ser alcançado é a nossa conversão e a nossa mudança de vida! Não sejamos espectadores que os assistem, que os veem, mas não tocam nem se permitem ser tocados por essa graça.

Que a graça, que vem do coração de Deus, realize o grande milagre da conversão no nosso coração!

Deus abençoe você!

Comentários