26 ago 2015

Deixemos que Deus purifique o nosso coração

Precisamos nos purificar de todo o mal que há dentro do nosso coração. Este é o trabalho essencial para a vida e a espiritualidade do verdadeiro discípulo de Jesus Cristo!

“Vós sois como sepulcros caiados: por fora parecem belos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e de toda podridão!” (Mateus 23, 27).

Jesus continua a chamar a atenção para a vida dos mestres da Lei e dos fariseus. Ele chama a atenção, sobretudo, para a hipocrisia, mal que virara uma marca registrada desses grupos de seguidores da Lei judaica. Isso porque eles são bons entendedores da Lei e sabem tudo das Sagradas Escrituras, mas, na verdade, vivem de aparências, fingem ser o que, de fato, não o são.

A Palavra de Deus vem hoje nos mostrar que não podemos cair na terrível tentação de ser como “sepulcros caiados”. Vamos ao cemitério e vemos aquele sepulcro bem preparado, bonito, pintado, cheio de decorações por fora, assim por diante. Mas dentro dele o que tem? Os ossos que já ressecaram e o corpo que já apodreceu.

Às vezes, queremos e vivemos assim na vida, pois nos preocupamos muito com a casca, com a aparência, com o exterior e nos esquecemos de cuidar do essencial, nos esquecemos de cuidar do coração e daquilo que está dentro. Nós nos limpamos tão bem por fora, tomamos quantos banhos forem necessários por dia, às vezes banhos demorados (que bom poder fazer isso!). Contudo, muitas vezes, nos esquecemos de ter a mesma aplicação para cuidar daquilo que está dentro de nós.

Quantas coisas velhas, adormecidas, quantos entulhos, quantas coisas estragadas que não servem mais para nada, dentro de nós, que precisam ser purificados! Precisamos nos purificar de todo o mal que há dentro do nosso coração. Este é o trabalho essencial para a vida, é a espiritualidade do verdadeiro discípulo de Jesus Cristo!

O discípulo de Jesus não se preocupa apenas com o exterior, nem faz do exterior a sua primeira preocupação. Temos que ter boa cara para os outros, precisamos estar limpos, asseados e assim por diante. No entanto, para Deus o que conta não é o que aparece, mas aquilo que se é. Para o Senhor o que conta não é o que os outros veem por fora, mas aquilo que está dentro de cada um de nós!

Que a Palavra de Deus realize em nós a graça de purificar o nosso coração!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários