08 jan 2017

Deixemo-nos guiar pela luz de Jesus

Estamos em busca de uma verdade, de uma luz interior, e essa luz está em Jesus

Quando entraram na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Ajoelharam-se diante dele, e o adoraram. Depois abriram seus cofres e lhe ofereceram presentes: ouro, incenso e mirra.(Mateus 2,11).

Os magos do Oriente estavam à procura do Menino que havia acabado de nascer e que, no coração deles, era o novo rei de Israel. Queriam encontrá-Lo para adorá-Lo.

É óbvio que, quando Herodes soube disso, ficou furioso, porque não queria ver seu trono ameaçado, quanto menos dividir seu poder com outro. Por isso, o ódio tomou conta do seu coração de forma violenta. No entanto, havia um engano terrível no coração de Herodes! Primeiro, porque Jesus não veio para ocupar tronos humanos, não veio para ocupar ou dividir o Seu reinado com ninguém. O Seu reinado é na alma, é no coração! Segundo, porque Herodes era um tirano, a maldade estava em seu coração. Ele agiu por maldade, por isso, tentou enganar e ludibriar os magos que estavam à procura de Jesus.

Quem está com o coração em Deus não se deixa iludir nem se enganar pelas ilusões do caminho. Quando mantemos nossos olhos fixos na luz de Deus, é ela que nos conduz e nos ilumina para encontrarmos a verdade de Deus onde quer que ela se encontre.

Esses magos foram conduzidos pela sabedoria divina, e por mais que tentassem desviar a rota deles, permanecem firmes na direção certa. Digo isso, porque não só chegaram para adorar Jesus, para encontrá-Lo, mas Herodes queria que, na volta, eles informassem onde estava o Messias encontrado. De forma nenhuma, os magos seguiram a determinação do mal.

Duas coisas são importantes para o nosso coração. A primeira, deixemo-nos guiar por Deus, deixemos que a Sua luz, a Sua estrela, graça e Espírito conduzam nossos passos, guiem nossa vida, porque nós estamos em busca de uma verdade, de uma luz interior, e essa luz está em Jesus!

Uma vez que os magos O encontraram, prostraram-se diante d’Ele para adorá-Lo.

Adorar é colocar-se aos pés, é submeter-se e dizer: “Somente Tu és o meu Senhor, o meu Deus e a razão da minha vida!”. É prostrar-se não só de joelhos, mas de mente e coração; é prostrar a vontade aos pés d’Aquele que é o nosso Salvador. Depois ofereceram-Lhe presentes. Que presente podemos oferecer para Deus, senão a oblação da nossa própria vida? Porque esse é nosso maior dom e maior graça, é o que temos de mais sublime em nós! Por isso, coloquemo-nos aos pés de Jesus, sejamos submissos a Ele e façamos essa grande oferta de nossa vida ao Senhor!

Deus abençoe você!

Comentários