31 dez 2015

Cristo realiza a diferença em nossa vida

Quando nos abrimos para acolher Cristo, deixamos que Sua Palavra faça a diferença em nossa vida

“O Verbo veio para o que era seu, e os seus não a acolheram. Mas, a todos os que a receberam, deu-lhes capacidade de se tornarem filhos de Deus” (João 1, 11-12).

Estamos celebrando os dias do nascimento de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. No sétimo dia da Oitava de Natal, contemplamos esse Deus maravilhoso que está presente no meio de nós e nos concede a mais sublime graça.

Veja mais:
:: Dicas que ajudam no processo de cura interior
:: Como nasce o ressentimento?
:: Como incentivar as crianças a gostarem da Palavra de Deus?
:: Como curar o ressentimento?

A graça de nos tornarmos filhos de Deus e vivermos como Ele

Todos aqueles que acolheram Jesus receberam a graça de tornarem-se filhos de Deus. Não é uma graça pequena nem qualquer, mas a mais sublime delas. Se o pecado nos tirou essa condição, essa graça, o Senhor resgatou para nós a dignidade. Ele veio para os que eram d’Ele, mas muitos não O acolheram, não O receberam.

Tenhamos a graça de viver como filhos de Deus todos os dias de nossa vida! Para termos essa graça, não basta dizermos “Eu sou filho de Deus!”, mas acolhermos Suas palavras e Seus ensinamentos, tudo aquilo que Ele traz para resgatar a nossa humanidade e dignidade.

A diferença em nossa vida

Ele está no meio de nós! A quem se abre para acolhê-Lo e recebê-Lo, Ele entra, faz a festa e a diferença em nossa vida!

O mais triste de contemplar, depois de tantas luzes acesas, de tantas trocas de presentes, depois de tantas celebrações e comilanças, é que muitos corações não se abriram para acolher Cristo. E nos abrirmos para acolhê-Lo é deixarmos que Sua Palavra faça a diferença em nossa vida e que essa Palavra, vinda do coração do Pai, faça uma diferença enorme.

Se há uma mágoa enorme nos matando, permitamos que Ele a mate. Se existe um ressentimento tirando-nos a graça de viver, é preciso permitir que Ele apague esse ressentimento. Se existe desavenças no meio de nós, precisamos deixar que Sua Palavra as quebre e faça toda a diferença em nossa vida, no meio de nós.

Queremos parar para contemplar e acolher; queremos que, neste tempo do Natal, não fiquemos apenas na euforia, na festa e alegoria; queremos ir para o recolhimento do nosso quarto, para o nosso interior, e percebermos, em nosso coração, onde Cristo entrou, onde Ele nasceu e fez diferença em nossa vida!

Deus abençoe você!

repensando-a-vida

Adquira este livro de padre Roger Araújo


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários