15 Jun 2015

Cristo convida-nos a vencer o mal com amor e misericórdia

Cristo convida-nos a vencer o mal com amor e misericórdia. Não se trata de ficar calado, de ser bobo, nem de ter “sangue de barata”. Trata-se de ter o sangue, a visão, o olhar e a mentalidade de Cristo!

“Eu, porém, vos digo: Não enfrenteis quem é malvado! Pelo contrário, se alguém te dá um tapa na face direita, oferece-lhe também a esquerda!” (Mateus 5, 39).

A lógica do mundo, a lógica das pessoas, na grande maioria, é a de que nós devemos retribuir aquilo que os outros fazem a nós. Nessa lógica, se uma pessoa me fez mal devo fazer mal a ela, se a pessoa me feriu numa face eu também posso feri-la. Alguns até dizem: “Vai lá e dá o troco! Retribua da mesma maneira! Se o outro me faz mal, vou devolver também a moeda do mal para ele!”.

Aqui está um erro na própria lógica disso. Só devolve o mal ao outro quem é do mal, se o outro fez o mal para nós, nós não podemos nos contagiar pelo mal dele, porque o mal dele só nos atinge no interior se nos permitirmos ser atingidos.

Quem é do bem nunca retribui o mal com o mal, porque o mal não está em quem é do bem! Frequentente vivemos a dualidade em nossa vida, é verdade que não temos, muitas vezes, aquela têmpera para simplesmente ficar calados. No entanto, não se trata de ficar calado, de ser bobo, não se trata de ter “sangue de barata”. Trata-se de ter o sangue, a visão, o olhar e a mentalidade de Cristo!

A mentalidade de Cristo não é a mesma deste mundo, primeiro porque o Senhor não se deixou seduzir pelo malvado, porque este traz todas as suas malvadezas dentro de si. Uma das grandes malvadezas dele se chama: vingança. Muitos dizem: “Eu preciso me vingar de quem me feriu!”. Não, quem conhece Cristo Jesus, Nosso Senhor, que é conduzido pela Sua Palavra, pelo Seu Espírito, a resposta é outra, esta se chama: perdão e misericórdia. Não à vingança, não ao ressentimento! E sim à vida, à reconciliação e à visão diferente das coisas e das situações!

Permita-me dizer uma coisa ao fundo de seu coração: nós, muitas vezes, ficamos amargurados e perdemos noites de sono, perdendo a paz do nosso coração, porque alimentamos os sentimentos do mal, como a vingança e o rancor e permitimos que esses sentimentos cresçam dentro do nosso coração. Jesus nos dá o caminho da saúde, da bênção e da graça divina ao nos pedir que não cedamos ao mal e à vingança, pelo contrário, ofereçamos ao outro a face do perdão e da misericórdia (cf. Mateus 5, 39).

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Novembro

79%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.