04 maio 2015

A Palavra de Deus salva, liberta e transforma todas as coisas

A Palavra de Deus salva, cura, liberta e transforma todas as coisas. Quando nos propomos a vivê-la e a guardá-la no coração, o Pai, o Filho, o Espírito Santo vêm habitar em nós!

Se alguém me ama, guardará minha palavra, e o meu Pai o amará, e nós viremos e faremos nele a nossa morada” (João 14, 23).

Primeiro Jesus diz: “Se alguém me ama”, pois não são todos que amam o Senhor. Amar é uma opção de vida, amar é uma decisão, é muito mais do que um sentimento. É o assentimento da vontade, isto é, é querer viver de acordo com aquilo que é a convicção da mente e do coração. Por isso se alguém ama Jesus não precisa dizer muitas palavras, basta guardar a Sua Palavra!

A prova de que nós amamos o Senhor e de que Ele é importante para nós é levarmos a sério Sua Palavra. A primeira coisa necessária para isso: é preciso dedicar-se a ser um bom ouvinte da Palavra, ser um assíduo ouvinte da Palavra de Deus. Não só “ouvir” de alguém falar, mas o ouvir de aplicar-se. Quando lemos a Palavra, ela fala a nós, fala ao nosso ouvido e ao nosso coração e nós nos abrimos para ouvir o que ela quer nos dizer.

Só há uma Palavra, é a Palavra de salvação! E toda palavra que sai da boca de Jesus salva, restaura, cura, liberta, transforma e faz novas todas as coisas. Mas não basta só ouvi-la, é preciso guardá-la, é preciso ter o zelo de querer colocar em prática aquilo que nós ouvimos da Palavra a cada dia.

Não podemos semear os ouvintes, os espectadores, que até acham bonito o que o Senhor fala, pois, se não nos dispusermos a colocar em prática Suas palavras, elas vão se perder dentro de nós. Não podemos deixar que a Palavra de Deus se perca em nós, porque nós é que vamos nos perder sem ela!

Como nós precisamos da Palavra de Deus, porque dela é que vem a transformação da nossa vida e da nossa existência! E aí vem a parte mais bela: quando nos propomos a viver a Palavra do Senhor e a guardá-la, o Pai, o Filho, o Espírito Santo vêm morar em nós, habitar em nós! Nós não vamos viver sozinhos essa Palavra, pois a força, o auxílio e o cuidado virão do alto, e mais do que vir: essas graças permanecerão em nós. Cada vez que nos aplicamos, lutamos, resistimos ao mal e procuramos praticar o bem, viver a justiça e a verdade, Deus está entre nós e em nós.

Desse modo, nós não nos tornamos deuses, mas nos tornamos templos, o lugar da morada de Deus! A Palavra eterna de Deus se fez carne no ventre da Virgem Maria e está entre nós! E quando nos propomos a viver de acordo com a Palavra d’Ele, Ele também faz moradia no meio de nós!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários