09 fev 2015

A natureza precisa de nossos cuidados

Assim como cuidamos da casa onde moramos, temos que cuidar da casa maior, que se chama terra. A natureza está gritando e exigindo cuidados!

“No princípio, Deus criou o céu e a terra. Deus viu que a luz era boa e separou a luz das trevas” (Gn 1, 1-4).

Nós hoje começamos, na liturgia, a leitura do primeiro livro das Sagradas Escrituras: Gênesis. Este é o livro da origem, do começo, por isso a primeira expressão do livro diz: “no princípio, no começo de tudo”. E o que no começo de tudo Deus fez? Deus criou o céu e a terra. Não o céu onde Deus mora; é o céu firmamento, ao qual Ele encheu de estrelas, criou o sol, a lua e todas as belezas que nós contemplamos, que são os astros que compõem, que enfeitam e que fazem com que a criação fique mais bela.

No princípio Deus criou a terra e a encheu de coisas belas, abençoadas e maravilhosas. Deus fez o mar, a união das águas; fez a beleza da natureza, a flora, a fauna, os animais que correm para lá e para cá, aqueles que estão no cantinho das diversas florestas e vegetações existentes na face da terra. Enfim, quando fazemos uma viagem, mesmo que seja só com os nossos olhos ao lado do que nos cerca, se esquecêssemos um pouco as grandes metrópoles e contemplássemos apenas a criação, veríamos como é muito bom, como é belo demais tudo aquilo que Deus criou.

Quando nós voltamos às origens, voltamos à nossa própria origem. Deus Todo-poderoso, do caos, do nada, fez tudo! Do nosso caos, do nosso nada, Ele também nos cria, recria, nos faz e nos refaz! Apenas precisamos deixar que o Senhor nos molde e nos modele; como moldou e modelou toda a criação.

Nós hoje precisamos falar, com muita sinceridade, do cuidado que todos nós precisamos ter com a criação. A terra que Deus criou, Ele a colocou aos nossos cuidados e, quando falo “nossos cuidados e nossa responsabilidade”, não me refiro a somente às autoridades e aos governantes; eles têm a sua competência e suas responsabilidades, se as cumprem ou não as cumprem, nós precisamos cobrar deles, assim como também serão cobrados por Deus.

Precisamos assumir a nossa responsabilidade para com a criação de Deus! Existe um ditado que diz: “Deus perdoa sempre, os homens de vez em quando, mas a natureza nunca!” e, aqui podemos pegar natureza no sentido menor ou mais amplo da palavra.

Hoje falo da natureza como criação de Deus, quando nós a desrespeitamos ela reage; se existe poluição no ar, se existem desmatamentos, se existe excesso de calor é porque, como nós vemos, a natureza está desregulada. Deus criou tudo com perfeição, mas o que mais há no mundo em que vivemos é agressão à natureza criada por Ele.

Vamos, em breve, receber um belo presente, uma encíclica do Papa Francisco sobre ecologia, natureza. Nós achamos que isso não tem nada a ver conosco, que isso é coisa de ecologistas. Isso não é verdade, pois a terra é nossa casa, é o lugar em que nós moramos, é o nosso habitat. Assim como cuidamos da casa onde moramos, da qual deveríamos cuidar bem, temos que cuidar da casa maior, que se chama terra. A natureza está gritando, exigindo cuidados!

Eu não creio que Deus vá, um dia, destruir essa terra, mas nós, humanos, estamos destruindo aquilo que Ele criou. Algumas palavras deveriam fazer parte sempre do nosso vocabulário, como por exemplo: reciclagem, não desperdiçar água, cuidar das coisas criadas pelo Senhor, respeito pelos animais e pela natureza. Enfim, responsabilidade para com tudo aquilo que Deus nos confiou!

Assim como temos obrigações de amar e de respeitar uns aos outros, a natureza, igualmente criada por Deus, exige nosso cuidado, nosso respeito e nossa ternura!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

51%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários