04 jul 2014

A misericórdia de Deus nos salva, nos renova e nos purifica

É na casa do Senhor que se reúnem os pecadores para que ali a misericórdia de Deus os renove, os lave e os purifique! 

“A­prendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores” (Mateus 9, 13).

 

Nós hoje vemos Jesus convidando Mateus, o cobrador de impostos, que estava na coletoria de impostos quando ouviu a voz do Mestre: “Segue-me!”, e daquela hora em diante levantou-se e tornou-se um discípulo de Jesus.

Jesus, por outro lado, senta-se à mesa na casa de Mateus e, enquanto estavam fazendo a refeição, também vieram muitos cobradores de impostos e pecadores também se estavam à mesa com o Senhor e com Seus discípulos. Aos olhos dos fariseus, aos olhos daqueles que parecem muito puros aquela cena causou estranheza, constrangimento, uma confusão no interior: “O que o Mestre, o que Aquele que se diz Senhor, está fazendo? Ele está sentando à mesa com os pecadores!?”. 

Ao ver a forma como eles reagiram, o Senhor responde de forma clara e objetiva: “Não é quem tem saúde que precisa de médico, mas sim quem está doente”! Portanto o Reino de Deus, a presença de Cristo neste mundo é por causa dos doentes, é por causa dos pecadores; são eles que precisam d’Ele, diz Jesus.

Deixe-me dizer uma coisa a você: Jesus veio por causa de nossas doenças e enfermidades, Ele veio por causa de nossos pecados e da nossa miséria humana. Se Ele já libertou a mim e a você, louvado seja Deus por isso! Mas nós precisamos todos os dias ser salvos, libertos e restaurados pela misericórdia de Deus. Precisamos desejar que essa mesma misericórdia atinja o coração daqueles que estão afastados d’Ele. Por isso, a Igreja, a sua paróquia, a comunidade, não é a “assembleia dos justos”, mas sim a casa dos pecadores.

É na casa de Deus que se acolhe quem está com o coração ferido e com o coração machucado, é por isso que não pode haver preconceito e discriminação em nós. Por isso em nosso coração, que é o lugar da morada de Deus, todos devem ser amados e acolhidos.

Nós não podemos transformar a casa do Senhor num lugar só para os que se acham certinhos, puros e renovados. É na casa do Senhor que se reúnem os pecadores para que ali a misericórdia de Deus nos renove, nos lave e nos purifique. 

Que o Senhor Jesus, que veio chamar os doentes e os pecadores, acolha as nossas enfermidades e nossas misérias no Seu coração!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários