08 jul 2014

A mão poderosa de Jesus nos liberta do poder do maligno

Exorcize, mande para fora do seu coração todo o rastro do mal ou do maligno! A mão poderosa de Jesus, bondosa e misericordiosa, nos liberta do poder do maligno.

Jesus percorria todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, e curando todo o tipo de doença e enfermidade” (Mateus 9, 35).

 

Contemplamos a ação do Nosso Mestre Jesus, que não se cansava e que assumiu como missão da Sua vida resgatar a humanidade decaída, enferma, sofrida e, muitas vezes, cativa pelo poder do maligno. A mão poderosa de Jesus, bondosa e misericordiosa, nos liberta do poder do maligno; seja do maligno agindo, seja das obras más que este mesmo deixou neste mundo.

Quando o Reino de Deus é anunciado o mal é expulso e mandado para longe. Onde o Reino de Deus se faz presente o maligno não tem vez nem voz. A maneira de Jesus destruir a força do mal é justamente pregando o Evangelho do Reino de Deus.

Eu digo a você: onde o Evangelho é pregado a libertação acontece; onde nós somos levados a viver a força do Evangelho, ele nos liberta de toda ação do mal, seja ela direta ou indireta. Este homem mudo, que hoje é apresentado a Jesus, tido como possuído pelo demônio, de quem o Senhor expulsou o demônio, começa a falar, porque é assim que acontece quando nós expulsamos, no poder e na autoridade de Jesus, as forças malignas da nossa casa, da nossa vida e da nossa família, o Reino de Deus começa a acontecer.

Sabem, meus irmãos, quando permitimos que o mal esteja no meio de nós, acabamos falando mal uns dos outros e somos fustigados a fofocar, a caluniar e a criar intrigas. Mas quando expulsamos o mal, nós começamos a falar do bem, a proclamar o bem, a anunciar o bem e a fazer o Reino de Deus acontecer.

Deixe-me dizer a você: não se torne refém do mal nem o deixe ter poder sobre sua vida, sobre sua casa ou família! Exorcize e mande para fora do seu coração, da sua vida e dos seus, todo rastro do mal e do maligno e todo joio que ele semeou em nosso meio e todo espírito de discórdia e de confusão que possa haver. Porque dessa forma, as pessoas ficam mudas, não se falam, não se comunicam e não se entendem e, quando não há comunicação, quando as pessoas não se comunicam com clareza, reina a confusão, reina a acusação, reina a mentira, reinam as trevas.

Por outro lado, quando nós expulsamos o poder do mal, a força do Reino de Deus acontece no meio de nós. Preguemos o Evangelho, anunciemos o Evangelho, mas permitamos que ele nos liberte. Permitamos que a força, que vem do Senhor, cause libertação em nosso coração, porque assim vamos contemplar e proclamar as maravilhas de Deus no meio de nós.

Deus abençoe você!  

Comentários