27 Jan 2018

A confiança em Deus vence os nossos medos

Todas as vezes que colocamos em Deus a nossa confiança, Ele vence os nossos medos

“Os discípulos o acordaram e disseram: ‘Mestre, estamos perecendo e Tu não te importas?’ Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: ‘Silêncio! Cala-te!’” (Marcos 4,38-39).

Os discípulos de Jesus estavam na barca e, de repente, começa uma ventania muito forte começa e as ondas se agitam, de modo que a barca começa a encher. Fico pensando no temor, no tremor que tomou conta do coração daqueles discípulos e, mais ainda, no desespero que se apossou do coração deles, pois até esqueceram que o Mestre estava ali.

Quando começamos a enfrentar tempestades da vida, quando as coisas começam a se agitar demais dentro de nós, também nos esquecemos que Jesus está ao nosso lado. Entendemos errado, a nossa compreensão não é correta, achamos que Jesus não está conosco e que, por isso, as coisas começaram a se agitar. Mas, Ele sempre está conosco, quando o mar se agita, quando os ventos contrários vêm ao nosso encontro.

Não vamos correr atrás das tempestades e dos ventos contrários, vamos nos colocar ao lado de Jesus, porque Ele está ao nosso lado. Quando as coisas começarem a “agitarem-se” de um lado para o outro na nossa vida, não nos apavoremos.

É necessário, acima de tudo, termos serenidade. Só se resolve qualquer coisa na vida, inclusive, as coisas mais agitadas que vêm para nós, se não perdemos a serenidade de espírito. Não se trata de frieza e indiferença, trata-se de confiança, de fé; trata-se de deixar o nosso espírito ser tomado pelo Espírito de Jesus. Só vamos ordenar para que se cale, para que fique no seu lugar os ventos contrários, os mares que se agitam, as ondas que vem para o nosso lado, quando tivermos serenidade de espírito.

O desespero é a perda da fé e da esperança. Muitas vezes perdemos a graça, mas não porque Deus não nos deu a Sua graça, pelo contrário, a perdemos porque nos desesperamos.

Quando nos desesperamos dizemos: “Eu não estou colocando em Deus a minha confiança”. Não adianta acharmos que o grito, o desespero farão com que Deus nos atenda.

Deus nos atende sempre quando n’Ele colocamos a nossa confiança, a nossa esperança e não nos deixamos levar pela desesperança manifestada pelo desespero, pelos gritos. Todas as vezes que colocamos em Deus a nossa confiança, Ele vence os nossos medos, temores e receios, aquilo que nos atinge, nos assusta e nos desespera.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Fevereiro

47%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.