23 ago 2014

Somente em Deus o nosso coração encontra paz

Somente em Deus o nosso coração encontra paz. Inquieto, desassossegado, perturbado permanece o coração humano enquanto não encontra o repouso em Deus.

O Reino dos Céus é como um tesouro escondido no campo. Um homem o encontra e o mantém escondido. Cheio de alegria, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquele campo” (Mateus 13, 44).

Santa Rosa de Lima, a jovem que dedicou toda a sua vida a Deus, padroeira da América Latina, é um referencial para uma vida dedicada e consagrada a Deus. Por isso a liturgia de hoje nos aponta este Evangelho em que o Reino dos Céus é comparado com um tesouro escondido no campo. Quando encontramos esse tesouro deixamos tudo para trás para vivermos em função deste campo, desse tesouro, porque ele passa a ser tudo para nós, ele é mais valioso do que todos os outros bens e do que todos os outros tesouros.

Inquieto, desassossegado e perturbado permanece o coração humano enquanto não encontra o repouso, enquanto ele não encontra algo que realmente o preencha e o satisfaça. Não é nas riquezas deste mundo nem na satisfação dos prazeres que o nosso coração vai encontrar a paz pela qual ele tanto procura e deseja.

Há um tesouro escondido que o mundo não conhece e que, muitas vezes, este despreza e deixa de lado; é este o tesouro escondido que nós buscamos com todo o nosso coração e com toda a nossa alma. Esse tesouro escondido é a pérola mais preciosa que o Pai, no Seu amor infinito, reservou a nós: Seu próprio Filho, Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A razão de nossa vida, a alegria do nosso viver e a motivação da nossa existência.

Não basta saber que Jesus existe, que Jesus é o Senhor, que Ele é Deus. Existe um convite para que experimentemos a vida de Jesus em nós e façamos d’Ele a prioridade da nossa vida, do nosso coração e de nossas relações humanas, para que coloquemos em prática os valores que Ele nos ensinou com Sua vida.

Descobrir este tesouro escondido é descobrir a vida que está em Deus e a vida que Ele trouxe para nós, colocando em prática e permitindo que a nossa vida seja confundida com a vida de Cristo e a vida d’Ele esteja plenamente assimilada e assumida em nossa própria vida. Ah! Se nós descobríssemos, a cada dia, esse tesouro, que é o consolo para a nossa alma! Ele é o bálsamo de que precisamos para refrigerar as angústias mais profundas que existem dentro de nós!

Que Jesus, o bom Senhor, nosso tesouro, nossa maior riqueza, venha em nosso socorro, em nosso encontro e em nosso auxílio, sendo para nós o refúgio de que a nossa alma tanto necessita. Que nós hoje descubramos mais ainda, com toda a intensidade da nossa alma, esse tesouro de que nós tanto necessitamos!

Deus abençoe você!

Comentários

comentário(s)

↑ topo