21 abr 2015

Fechar-se à ação do Espírito é fechar à graça de Deus

Fechar-se à ação do Espírito é fechar à graça de Deus. Não resista à ação Paráclito, não coloque obstáculos para a ação de Deus em sua vida, pois o Senhor quer fazer novas todas as coisas.

Homens de cabeça dura, insensíveis e incircuncisos de coração e ouvido! Vós sempre resististes ao Espírito Santo” (At 7, 51).

 

Estêvão, homem de fé, cheio do Espírito Santo e da graça de Deus, pregou e apregoou o Reino de Deus com coragem e com a força vinda do alto. Por onde andava, Estêvão levava a Palavra de Jesus de forma audaciosa, por isso ele começou a incomodar; sua presença causava incômodo àqueles que se opunham à Palavra de Deus, à Palavra de Cristo, à mensagem que essa Palavra trazia aos corações.

Mas mesmo aqueles que resistiram à pregação da Palavra, a eles Estêvão foi pregar e anunciar dizendo-lhes: “Homens de cabeça dura!”. Sabemos que, quando a nossa cabeça é dura, fechada e colocamos certas coisas na cabeça, parece que nem Deus as tira, porque nos fechamos tanto e o novo de Deus não entra em nós.

Estêvão está pregando para os homens religiosos da sua época, para aquele grupo de judeus que não se abriram à graça de Deus. Hoje é preciso pregar para nós cristãos, seguidores de Cristo, que, mesmo conhecendo Jesus, ainda estamos de cabeça dura, não somos capazes de abrir o coração e ficamos, muitas vezes, insensíveis às realidades de Deus, à graça de Deus e à ação d’Ele no meio de nós.

O que os homens daquela época fizeram foi resistir à ação do Espírito Santo na vida deles. E nos dias de hoje, mesmo conhecendo Jesus e Sua Palavra, nós também, muitas vezes, resistimos, colocamos dificuldades e não abrimos inteiramente o coração para que o Espírito aja, fale em nós e nos use para sermos instrumentos da graça de Deus.

Não existe tragédia maior para um cristão, para um homem e para uma mulher de Deus, do que resistir à ação do Espírito, do que não permitir que o Paráclito traga o novo, que Ele nos conduza para o novo, que nos inspire sempre o novo de Deus.

É preciso abrir a cabeça, ampliar os horizontes e escutar o sopro do Espírito, que faz novas todas as coisas. É preciso quebrar a insensibilidade do nosso coração, muitas vezes, fechado às graças, ao sopro e àquilo que é a condução de Deus para os dias de hoje.

Deus tem algo novo a fazer na sua vida, na sua casa, na sua família e nos seus; por isso não resista à ação do Senhor, não coloque obstáculo para a ação de Deus, não ponha dificuldades para que a graça de Deus seja atuante na sua casa.

A maior barreira para a graça de Deus acontecer em nós não está no exterior, no mundo lá fora, nem nas pessoas ou circunstâncias; essas barreiras estão justamente dentro de nós, quando fechamos a cabeça e não abrimos o coração para que o Espírito aja em nós e por meio de nós!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

.

Comentários

comentário(s)

↑ topo