22 mai 2015

O amor de Deus é maior do que nossas fraquezas

O Senhor nos perdoa todas as vezes em que fraquejamos ou erramos, porque o Seu amor é maior do que todas as nossas fraquezas e pecados!

“’Simão, filho de João, amas-me mais do que estes?’. Respondeu ele: ‘Sim, Senhor, tu sabes que eu te amo’” (João 21,15).

Jesus se dirigiu a Pedro depois da refeição, depois de ter comido com os discípulos, já ressuscitado Ele aparece aos Seus, à beira da praia, e come peixe com eles. De forma serena e tranquila Ele se dirige ao coração de Pedro, olho no olho, pois eles ainda não haviam conversado depois que este O negara por três vezes antes da Sua morte. Jesus não quer jogar nada na cara de Pedro; muito pelo contrário, Ele quer reafirmar Seu amor ao coração de Pedro, que ainda está envergonhado, triste e ainda não tem coragem de enfrentar Seu Mestre.

Quando queremos reconsiderar alguma coisa com alguém, quando queremos perdoar a alguém de alguma coisa, nós não precisamos jogar na cara o que a pessoa fez de errado. O que devemos fazer é procurar entender qual é o tamanho do amor e da amizade existentes. Por isso o Senhor pergunta: “Tu me amas, Simão, mais do que estes?” E ele responde: “Senhor, tu sabes que eu te amo”. E Jesus crê no amor de Pedro. Olha mais uma vez em seus olhos e lhe pergunta novamente: ‘Tu me amas, Pedro, mais do que estes?’. Ele responde: “Senhor, tu sabes que eu te amo” (João 21, 15).

Em cada uma das duas respostas Jesus dá uma resposta mais amorosa ainda: “Cuida das minhas ovelhas” (Jo 21, 16c). E mais uma vez o Senhor pergunta de forma mais enfática e direta ao seu coração: “Simão, filho de João, tu me amas?” (Jo 21, 17 b). Pedro se entristeceu, lembrou que negara o Senhor, e é como se dissesse: Como poderei dizer que O amo se três vezes eu O neguei? Mesmo entristecido ele diz: “Senhor, tu sabes que eu te amo” (João 21, 15). É como se o Senhor, o abraçando, lhe dissesse: Pedro, apascenta e cuida dos meus cordeiros, porque é a ti em quem eu confio, mesmo diante de suas fraquezas (cf. João 21, 16-17).

O Senhor nos perdoa todas as vezes em que fraquejamos ou erramos, porque o Seu amor é maior do que todas as nossas fraquezas e pecados! Nós podemos até negá-Lo mil vezes, mas Ele jamais renegará o Seu amor por nós!

O amor de Deus cura as nossas fraquezas e fortalece os nossos limites, só é preciso confiar n’Ele. Só é preciso, a cada dia, reafirmar, apesar dos nossos limites e erros, que é ao Senhor a quem nós amamos. O Senhor nos levanta da poeira, é Ele quem nos retira dos abismos nos quais, nós, muitas vezes, nos encontramos nesta vida a fim de que tenhamos sempre a certeza de que o amor d’Ele por nós é maior do que todas as nossas fraquezas!

Deus abençoe você!

Comentários

comentário(s)

↑ topo