19 Jul 2021

Vivendo o Evangelho, enxergamos a graça de Deus

“Uma geração má e adúltera busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal do profeta Jonas” (Mateus 12,39).

É Jesus quem está chamando a Sua geração de má e adúltera. Primeiro, uma geração má é aquela que vive norteada pelas maldades, pelas coisas injustas e erradas, são aqueles que fazem o que é mau. Depois, uma geração adúltera é uma geração infiel, que não vive a fidelidade a Deus, não vive a fidelidade aos seus próprios compromissos; e quem vive no mal e quem vive na infidelidade, de fato, não enxerga os sinais nem a graça de Deus.

Ele mesmo está dizendo: “Nenhum outro sinal será dado, a não ser o sinal de Jonas”. Jonas tem duas coisas importantes para nós. Primeiro, ele é o profeta da penitência e da conversão. Nínive vivia uma verdadeira desolação e seria totalmente destruída por causa dos seus pecados, mas antes que Nínive fosse destruída – porque a consequência do pecado é a distribuição, o pecado nos autodestrói -, o próprio Jonas dá um sinal, anuncia um outro caminho de salvação para aquela cidade, anuncia a eles a penitência e o arrependimento.

Que o Evangelho seja vivido na nossa vida, pois é assim que enxergamos a graça de Deus

Olhemos para nós: muitas vezes, queremos que Deus faça algo por nós mais do que Deus já fez, mais do que os sinais das graças de Deus que estão aí. O que nós precisamos é de penitência, de conversão, precisamos reparar a direção para onde a nossa vida está indo, precisamos rever nossos atos, nossas atitudes, porque estamos ficando cegos até diante da graça de Deus.

É muita maldade e perversão dos nossos tempos enxergamos apenas os defeitos e os problemas dos outros. Vivemos acusando uns aos outros e não nos arrependemos nem nos convertemos das nossas próprias maldades.

Se aquela geração foi má e perversa, imagine o que está sendo a nossa geração diante de Deus! Os ninivitas se converteram diante da pregação de Jonas. E nós, estamos nos convertendo diante da pregação, do anúncio do Evangelho?  Estamos deixando que o Evangelho nos converta, estamos permitindo que o Evangelho, a cada dia, transforme a nossa mentalidade e o nosso coração? Ou estamos ainda naquelas velhas atitudes, nos mesmos rancores, mesmos ressentimentos, as mesmas mágoas, as mesmas atitudes, as mesmas agressividades?

Que o Evangelho seja vivido na nossa vida, pois é assim que enxergamos a graça de Deus.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.