21 May 2020

Cristo transforma a nossa tristeza em alegria

“Em verdade, em verdade vos digo: Vós chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza se transformará em alegria” (João 16,20).

Estamos acompanhando o discurso de despedida de Jesus. Ele estava indo para a casa do Pai antes da Sua morte, antes da celebração da Sua Páscoa. E, neste discurso que nos é apresentado, Ele leva Seus discípulos a terem uma certeza.

A Sua partida, como é a partida que qualquer pessoa importante para nós, representará uma tristeza. Veja que: os discípulos do Senhor, de fato, ficaram muito tristes, desamparados, sentiram-se sozinhos quando o Senhor partiu.

É importante escutarmos aquilo que o Mestre estava dizendo: “A vossa tristeza se transformará em alegria”. Porque essa é a graça do Reino de Deus! Ele é Aquele que transforma o nosso pranto em festa, a nossa tristeza em alegria, o nosso luto em glória porque a presença de Jesus no meio de nós transforma aquilo que está escuro em luz da vida, transforma as trevas da nossa alma em plenitude da graça de Deus. Permitamos que Jesus transforme tudo aquilo que entristece a nossa alma, a nossa vida e o nosso coração.

Sei que o mundo se alegra. Quantas coisas causam alegrias no mundo! Alegrias mundanas e passageiras, alegrias que, muitas vezes, serão um luto eterno.

Aquilo que nos causa tristeza, medo, preocupação, inquietação e perturbação, coloquemos na presença do Senhor

Não precisamos tomar parte da alegria mundana, de forma alguma. Alegremo-nos com coisas simples da vida, com o cotidiano de cada dia, alegramo-nos até com as nossas quedas porque nos levantamos e Deus nos coloca de pé; alegramo-nos e rimos até das pequenas coisas que cometemos no dia a dia.

Aprendamos a nos alegrar com as pequenas coisas, não esperemos grandes acontecimentos e conquistas, porque a maior das conquistas já nos foi conquistada, a vida nos foi dada e resgatada. Jesus está vivo e Ele é o Senhor.

Precisamos a cada dia mergulhar a nossa vida em Jesus. Aquilo que nos causa tristeza, medo, preocupação, inquietação e perturbação, coloquemos na presença do Senhor. Muitas vezes, ficamos tristes, mas não nos esqueçamos: podemos ter tristezas por alguns momentos, só não podemos nos casar com elas, não podemos nos acostumar com elas nem deixar que elas morem em nós e mandem em nossa vida.

Permitamos que o Ressuscitado transforme o nosso pranto e a nossa tristeza em alegria, porque Ele está no meio de nós.

Deus abençoe você!  


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.