12 out 2015

Nossa Senhora Aparecida, intercedei por nós!

Nos voltemos, hoje, de coração sincero, a devotarmos aquela que é a Nossa Rainha, a nossa Padroeira, a Nossa Senhora

Se ganhei as tuas boas graças, ó rei, e se for de teu agrado, concede-me a vida eis o meu pedido! e a vida do meu povo eis o meu desejo!”  (Ester 5, 3)

Viva a mãe de Deus e nossa! Viva a Senhora Aparecida! Celebramos com todo amor do nosso coração a Festa da Rainha e Padroeira de todos os brasileiros, Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

A Festa é em torno de uma imagem, encontrada por pobres pescadores. Eram homens muito simples e, na simplicidade do coração deles, Deus se revelou através de uma simples imagem, quebrada, esquecida e jogada no fundo de um rio.

Deus fala e se manifesta nas coisas mais simples, que talvez pareçam até insignificantes. A graça que aqueles pescadores alcançaram foi incomensurável. E desde que aquela imagem foi encontrada no rio Paraíba, até os dias de hoje, Deus tem concedido graças incontáveis ao Seu povo pelo sinal de uma simples imagem de Maria; a mãe de Deus, mãe de Jesus Cristo, mãe de todos nós.

A Palavra de Deus, hoje, aponta-nos a figura da rainha Ester, aquela que foi agradável ao rei, que concedeu qualquer pedido que ela [a rainha] fizesse ao seu coração. E ela pediu pela sua vida e a de seu povo. A rainha Ester é o modelo de uma intercessora.

Maria é aquela que, diante do rei, diante do Senhor da Vida, intercede por nós, seu povo. Ela pede em favor da nossa vida, em favor de nossas necessidades. Por isso nos voltemos, hoje, de coração sincero, a devotarmos aquela que é a Nossa Rainha, a nossa Padroeira, a Nossa Senhora!

Há algo muito sublime no amor a Nossa Senhora. Primeiro, porque foi Deus quem a amou em primeiro lugar, como filha e depois como aquela que desposou do Espírito Santo. E dessa união do céu e da terra, no ventre de Maria, foi que aconteceu o maior dos milagres e a maior das graças que a terra já concebeu: o nascimento de Cristo Jesus, Nosso Senhor.

Maria foi o templo da grande graça divina. E é neste templo chamado ‘Maria’, é no ventre de Maria, que Deus continua gerando novos homens, uma nova humanidade. Quantas pessoas se convertem, mudam de vida, quantas pessoas são agraciadas pelos méritos, pela intercessão daquela que é medianeira das graças!

Maria, mãe de Deus, Senhora Aparecida, pedimos hoje pelo seu povo, o povo de Deus; os doentes, os aflitos, os necessitados, os desamparados, aqueles que só têm porto seguro no coração de Deus. Ó Virgem soberana, intercede e pede pelo seu povo, não nos deixeis sozinhos nem desamparados em nossas aflições e necessidades!

Mãe de Deus, Senhora Aparecida, intercedei por nós!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários