22 Nov 2023

Trilhe seu caminho na direção do Senhor Jesus

Naquele tempo, Jesus acrescentou uma parábola, porque estava perto de Jerusalém e eles pensavam que o Reino de Deus ia chegar logo. Então, Jesus disse: “Um homem nobre partiu para um país distante, a fim de ser coroado rei e, depois, voltar. Chamou, então, dez dos seus empregados, entregou cem moedas de prata a cada um e disse: ‘Procurai negociar até que eu volte’. Seus concidadãos, porém, o odiavam, e enviaram uma embaixada atrás dele, dizendo: ‘Nós não queremos que esse homem reine sobre nós’” (Lucas 19,11-13).

Meus irmãos e minhas irmãs, hoje é dia 22 de novembro, a Igreja celebra a memória de uma grande santa: Santa Cecília; conhecida de todos nós. Enquanto caminhava para a sua morte, a santa de hoje cantava. Disse bem Santo Agostinho que “Quem canta, reza duas vezes”, por isso, Cecília se tornou a padroeira dos músicos, não simplesmente porque ela cantava, mas porque ela amava Cristo de forma tão forte que o canto foi uma expressão desse amor.

O quanto precisamos resgatar o valor do canto religioso em nossas igrejas, em nossos momentos de oração, o canto como expressão de uma fé, e não apenas um modismo ou a sensação do momento, mas o canto como uma expressão de fé!

O quanto nossos cantos litúrgicos, precisam ser expressão do mistério que celebramos, e não de ideologias ou até mesmo de correntes espirituais, vazias de conteúdo e de sentido!

Roga por nós, Santa Cecília, para que o nosso canto cristão cante o Cristo, o Cristo inteiro!

Vamos, responsavelmente, trilhar o nosso caminho na direção do Senhor

No Evangelho de hoje, temos a parábola das moedas que são entregues a esses empregados, parece que Deus fez assim conosco: deu-nos seus dons e foi embora para bem longe de nós, mas, na verdade, a distância que, muitas vezes, sentimos de Deus, em relação a nós, é algo saudável, porque é a responsabilização com que o mesmo Deus cumulou cada um de nós.

Deus não nos infantiliza, mas Ele coloca em nossas mãos responsabilidades — como fez esse homem colocando essas moedas, essas quantias nas mãos dos seus empregados; é justamente para lhes confiar uma responsabilidade.

Sabemos que uma presença demais até sufoca. Quem é pai, quem é mãe precisa aprender muito bem isto: presença excessiva, muitas vezes, sufoca os filhos, e a ausência também, a ausência excessiva. Para que um filho cresça de forma responsável, às vezes, é preciso que os pais deem um passo atrás e deixem que os seus filhos tomem as suas vidas nas mãos.

Deus também age dessa forma conosco, Ele está bem perto, mas, às vezes, não O sentimos, justamente para criar em nós esse sentido de responsabilidade pelo nosso caminho, o caminho que devemos fazer.

Com todas as graças e bênçãos que Ele colocou nas nossas mãos, vamos, responsavelmente, trilhar o nosso caminho na direção do Senhor!

Sobre todos vós desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.