24 Nov 2023

Tenha zelo e cuide da casa de Deus

“Naquele tempo, Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os vendedores. E disse: Está escrito: ‘Minha casa será casa de oração’. No entanto, vós fizestes dela um antro de ladrões.” (Lucas 19,45-47)

Meus irmãos e minhas irmãs, a Palavra que aparece, aqui, no Evangelho: casa, é “oikos”, uma palavra grega para falar da “casa de Deus”. Não é uma simples habitação, e sim a casa de Deus, o lugar de oração, de encontro com a comunidade dos fiéis, um lugar de adoração, um lugar de culto genuíno a Deus.

Tem muito cristão que, ainda hoje, confunde a casa de Deus com outro lugar. No tempo de Jesus, não foi diferente, confundiram a casa de Deus com um comércio. Porque, ali, naquele lugar onde estavam portando aquelas coisas, não era lugar para se fazer aquilo; era um lugar sagrado.

A casa de Deus, hoje, é confundida com shopping — “Vou buscar o que me interessa”, “Deus precisa me apresentar as suas ofertas”. Em tempos de Black Friday, podemos confundir, muitas vezes, as coisas de Deus também, achando que a Igreja seja um shopping, então, escolho o que mais me agrada; e aquilo que não me agrada muito do Evangelho, recuso. Se não me satisfaz, mudo de Igreja, vou atrás de outra.

A casa de Deus tem uma ordem; e quem estiver a fim de entrar, nesta casa de Deus, precisa respeitar essa harmonia

Usa-se a casa de Deus, muitas vezes, confundida com os nossos ambientes normais; usa-se na casa de Deus o celular, manda-se mensagem durante as celebrações, postam-se fotos nas redes sociais durante a missa. Muitas vezes, também transformamos a casa de Deus em outros ambientes que não são sagrados.

A casa de Deus que, muitas vezes, é saqueada dos seus valores e modos de se comportar. Roupas indevidas nas missas, nos batizados, especialmente nos casamentos, que viram um verdadeiro desfile de moda e um exibicionismo de todo tipo, mas se afastam da genuinidade do sacramento que está sendo celebrado.

Fiéis que chegam atrasados constantemente, com um péssimo hábito e vão, tranquilamente, na fila da Comunhão, como se nada tivesse acontecido. E até pessoas consagradas, pessoas do contexto religioso, que transformaram o “chegar atrasado na missa” num hábito terrível. Gente que, com o pretexto da piedade, usam vestes, adereços, gestos corporais não para honrar a Cristo, e sim para parecerem mais santos e mais devotos do que os outros.

Tem tudo isso acontecendo na casa de Deus. Jesus, hoje, certamente, faria um bom chicote e expulsaria muitas dessas realidades. A casa de Deus tem uma ordem; e quem estiver a fim de entrar, nesta casa de Deus, precisa respeitar essa harmonia.

Precisamos retomar essa piedade e esse zelo pela casa do Senhor. Que Ele nos dê essa graça!

Sobre todos vós desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.