20 Jul 2021

Deixemo-nos transformar pela Palavra de Deus

“Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe” (Mateus 12,50).

É uma graça fazermos parte da família de Jesus mas, ao mesmo tempo, é preciso dizer que é uma desgraça, ou seja, nós saímos da graça se nós conhecermos Jesus, mas não colocarmos em prática a Sua Palavra, se nós não seguirmos a Sua Palavra, se não nos convertermos pela Sua Palavra.

Não podemos ter aquela atitude passiva de quem escuta, de quem apenas ouve, mas não se converte ao que ouviu. É claro que a primeira atitude diante da Palavra é ouvi-la; e quem não ouve não vai poder dar outro passo. Por isso, no mundo tão surdo como o nosso, onde as pessoas só escutam o que querem ou cercados de tantos barulhos, como nós estamos, é preciso dar o passo da escuta.

Escutar Deus a cada dia é a primeira necessidade da alma, escutar com o coração, escutar com paixão, deixar que a Palavra penetre o nosso coração e vá até às nossas vísceras mais profundas, deixar que a Palavra de Deus realmente caia em nossa mente. É preciso escutar a Palavra e, uma vez que a escutamos, precisamos ser transformados por ela.

Se não estamos sendo provocados a nos convertermos pela Palavra, é sinal de que não estamos a ouvindo

Às vezes, estou com uma disposição dentro de mim e nem percebo a maldade, mas movido pelo sentimento, pelos acontecimentos, pelos aborrecimentos estou decidido que vou fazer assim. E a Palavra de Deus cai em meu coração como luz, por isso, preciso escutar mais a Deus do que os barulhos que estão dentro de mim.

Você sabe que os barulhos da alma são muitos: o barulho das mágoas, ressentimentos, tensões, preocupações, inquietações; o barulho dos afetos e das emoções. E se somos pessoas muito emotivas, as nossas emoções nos guiam.

É preciso silenciar as emoções, os sentimentos, os afetos para escutar nu e cru o Senhor falando a nós. Quando escuto e essa Palavra penetra em mim, eu posso respondê-la. Então, “estava pensando em fazer isto, a Palavra me convenceu que não é por aí”; “estou tendo essa atitude, a Palavra me convence que essa atitude não é correta”; “estou pensando em responder a provocação, a Palavra cala o meu coração e não me deixa agredir o meu irmão”.

Então, ouvir a Palavra de Deus e colocá-la em prática é deixar que ela provoque em nós atitudes de conversão e de mudança. Se não estamos sendo provocados a nos convertermos pela Palavra, é sinal de que não estamos ouvindo a Palavra ou estamos ouvindo muito mal, entrando no ouvido e do ouvido mesmo voltando, nem chegando ao coração.

Por isso, quem é meu pai, quem é minha irmã, quem é minha mãe, senão quem ouve, quem faz a vontade de Deus, quem coloca em prática a vontade do Pai.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.