02 Dec 2023

(Português do Brasil) Esteja em constante oração e vigilância

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

“Disse Jesus aos seus discípulos: ‘Tomai cuidado para que vossos corações não fiquem insensíveis por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida, e esse dia não caia de repente sobre vós; pois esse dia cairá como uma armadilha sobre todos os habitantes de toda a terra. Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar a tudo o que deve acontecer e para ficardes de pé diante do Filho do Homem’.” (Lucas 21,34-36)

Ontem, falávamos sobre a necessidade de estarmos atentos aos sinais que nos indicam a aproximação de um novo tempo, a aproximação do Reino de Deus, o dia do Senhor, o dia em que o Senhor voltará, a chegada do Reino de Deus, o fim dos tempos que marcará definitivamente a concretização da promessa de Deus.

Hoje, o Senhor nos fala da necessidade de vigilância, de estarmos vigilantes, em oração. Porque inúmeras são as coisas que tendem a nos distrair, a nos tirar o foco; são inúmeras as situações que nos tornam insensíveis, tornam o nosso coração endurecido, insensível aos sinais da segunda vinda de Cristo.

Dentro dessas situações, Jesus cita, por exemplo, a gula, a embriaguez e as preocupações da vida. Essas coisas tornam o coração do homem insensível e incapaz de perceber a sua proximidade. Diversas outras situações próprias deste mundo fazem o homem se distrair, viver como se não houvesse fim, viver como se o fim não fosse chegar. Ficam insensíveis, endurecidos, incapazes de se abrirem para a transformação necessária, para adentrarmos no Reino de Deus.

Quantas são as desculpas que as pessoas dão para não estarem em oração, quantas desculpas damos para não buscar a Deus!

Por isso, precisamos ter cuidado porque podemos estar muito preocupados com as coisas deste mundo, podemos estar colocando a nossa atenção nas coisas que vão passar. Estamos colocando Deus, talvez, em segundo plano.

Quando vivemos muito preocupados com os nossos afazeres, acabamos deixando de confiar em Deus, deixamos de buscá-Lo acima de todas as coisas, e não é difícil encontrarmos pessoas que deixam a oração, que deixam de ir à missa, que deixam de estar na presença do Senhor por conta das coisas deste mundo, ou seja, deixam de buscar a Deus em primeiro lugar por causa dos afazeres, das preocupações e por causa do trabalho.

Quantas são as desculpas que as pessoas dão para não estarem em oração, quantas desculpas damos para não buscar a Deus e, assim, ficarmos vigilantes em oração! A mesma coisa acontece com aqueles que se deixam seduzir pelos vícios… Aqui, não cabe citá-los todos, mas quantos são os vícios que escravizam e desviam as pessoas da vontade de Deus, de fazer e de viver na vontade de Deus.

Hoje, Jesus nos indica o remédio contra todas essas coisas que nos fazem viver uma vida distraída e distante do Senhor, distante do Seu amor. Jesus nos indica a oração e a vigilância, estarmos em constante oração e vigilância.

Em nenhum momento podemos caminhar sem a devida atenção, sem estarmos com o nosso coração voltado para o Senhor. Por isso, meus irmãos, peçamos mesmo a graça da vigilância e da oração, de estarmos em constante vigilância e oração.

Desça sobre vós a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!


Padre Bruno Antonio

Padre Bruno Antonio de Oliveira é Brasileiro, nasceu no dia 18/10/1987, em Lavras, MG. É Membro da Associação Internacional Privada de Fieis – Comunidade Canção Nova, desde 2012 no modo de compromisso do Núcleo.

Pai das Misericórdias

Pedido de Oración

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.