05 Feb 2024

(Português do Brasil) Deixe Jesus curar todas as suas enfermidades

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

“Percorrendo toda aquela região, levavam os doentes deitados em suas camas para o lugar onde ouviam falar que Jesus estava. E, nos povoados, cidades e campos onde chegavam, colocavam os doentes nas praças e pediam-lhe para tocar, ao menos, a barra de sua veste. E todos quantos o tocavam ficavam curados.” (Marcos 6,55-56)

Jesus chega às margens do lago de Genesaré; e uma multidão de necessitados, de pessoas — que estavam acamadas e doentes —, O procuram. As pessoas traziam em camas os que estavam doentes e desejavam, pelo menos, tocar a barra das vestes de Jesus. O Evangelho nos diz que todos quantos O tocavam, esses ficavam curados.

A enfermidade, tão abordada nestes dias pelo Evangelho, é algo próprio do ser humano. Estamos vulneráveis às enfermidades, embora seja uma condição de fragilidade da qual ninguém deseja passar, ninguém deseja estar doente, ninguém deseja estar enfermo. A enfermidade nos faz compreender o quanto somos dependentes uns dos outros.

Quando ficamos doentes, ficamos vulneráveis e dependentes. A partir da enfermidade, também compreendemos o quanto dependemos de Deus. Neste caso, aqui, as pessoas compreenderam a sua necessidade de se aproximarem de Jesus, de tocarem nem que fosse nas vestes d’Ele, nem que fosse na barra do manto de Jesus.

A partir da enfermidade, também compreendemos o quanto dependemos de Deus

Essas pessoas compreenderam que era necessário se expor à graça de Deus, expor-se à graça do Seu amor, mas com um detalhe importante que nos leva ao Evangelho de hoje, ao percebermos que, para nos expormos à graça de Deus, antes de tudo, precisamos ser auxiliados por alguém. Essas pessoas eram levadas por outras pessoas; precisamos também do auxílio dos nossos irmãos. Essa semana mesmo, falamos sobre isto: sermos auxiliados uns para os outros.

O tempo da enfermidade é, acima de tudo, um tempo de libertação da nossa autossuficiência, muitos são autossuficientes, não querem depender dos outros, mas a enfermidade nos leva à condição de, humildemente, reconhecer: “Preciso do outro”, “Preciso de Deus”.

O Senhor deseja nos curar dessa enfermidade chamada individualismo. Se quisermos ser curados de toda a enfermidade, inclusive da enfermidade que nos impede de alcançarmos a vida eterna, chamada pecado, precisamos viver na dependência um do outro e na dependência de Deus. Ninguém se cura sozinho, ninguém se salva sozinho. Só se salva aquele que se torna dependente de Cristo.

Sobre você, desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!


Padre Bruno Antonio

Padre Bruno Antonio de Oliveira é Brasileiro, nasceu no dia 18/10/1987, em Lavras, MG. É Membro da Associação Internacional Privada de Fieis – Comunidade Canção Nova, desde 2012 no modo de compromisso do Núcleo.

Pai das Misericórdias

Pedido de Oración

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.