27 May 2020

A Palavra de Deus nos guarda do poder do maligno

“Eu lhes dei a tua palavra, mas o mundo os rejeitou, porque não são do mundo, como eu não sou do mundo. Não te peço que os tires do mundo, mas que os guardes do maligno” (João 17,14).

Continuamos acompanhando a oração sacerdotal de Jesus, essa prece que vai do fundo do coração d’Ele em favor dos Seus apóstolos e discípulos.

Que beleza e que bênção! Precisamos aprender com Jesus. O padre precisa rezar pelos seus fiéis e paroquianos; o pai e a mãe precisam orar e suplicar pelos seus filhos; os professores pelos seus alunos, enfim, cada um cuidar da grei que lhe pertence, mas, todos nós devemos orar uns pelos outros, devemos nos unir ao coração suplicante e intercessor de Jesus.

A prece que Jesus faz, hoje, para nós é justamente esta: “Pai, não os tire do mundo, mas os guarde do maligno”. Porque o problema não é estar no mundo, não precisamos nos isolar do mundo, ir para um deserto, viver trancados de tudo e de todos. Precisamos ser guardados do mal, do maligno que está no mundo.

O mundo, enquanto criado por Deus, é uma bênção. Deus criou com amor esse mundo para que possamos viver nele, para ele ser a nossa casa, para criarmos laços de amor e fraternidade. Não podemos agora demonizar o mundo, como se tudo que tivesse aqui não prestasse, não valesse nada.

O mal que vem do maligno não tem mais poder do que Deus

Não é verdade, pois o mundo criado por Deus é uma bênção e uma graça, fazemos parte dele e não podemos sair dele. Porém, o maligno entrou nesse mundo, e aí, tem outro mundo: o mundo da perdição, o mundo que é contrário ao mundo de Deus; e temos de prestar atenção nesse mundão. O mundo carimbado pelo mal, o mundo da falsidade e da hipocrisia, o mundo corrompido que corrompe mentes e corações.

Olhemos como o mundo se tornou até pequeno diante do avanço das tecnologias, da revolução digital, o mundo está todo dentro da nossa casa. Esse mundo é importante, estamos usando-o para nos comunicarmos, e isso é graça. Mas, cuidado! Porque em tudo que é bom o maligno quer colocar a sua mão, o seu dedo, a sua impressão digital, e não podemos.

Temos de ouvir o coração de Jesus, a prece d’Ele para sermos guardados do maligno, para que ele não coloque a perversidade no nosso coração. Como Jesus está dizendo: não somos do mundo, mas estamos nele. E por que estamos no mundo? Para preservar, cuidar e salvar esse mundo que Deus criou.

Não podemos pegar o mundo e entrega-lo ao maligno para que ele faça festa, como já tem feito na vida de muitos em tantas realidades e situações. Ele entra no mundo da política, dos negócios, dos jovens, adolescentes e, inclusive, das crianças.

O maligno não é mais do que Deus. O mal que vem do dele não tem mais poder do que Deus e, por isso, estamos no mundo, porque Deus nos consagrou na verdade, e a verdade é a Palavra d’Ele. Precisamos transformar esse mundo com a Palavra da Verdade, precisamos também levar essa verdade para os nossos, para não sermos mundanos, mas para estarmos neste mundo vivendo a ousadia da Palavra de Deus, que transforma e faz novas todas as coisas.

Deus abençoe você!  


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.