25 May 2020

Precisamos ter a coragem que vem de Deus

“Disse-vos estas coisas para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo!” (João 16,33).

É dessa forma que Jesus está nos consolando, orientando e formando-nos para que tenhamos paz, mas a paz n’Ele, a paz que vem d’Ele. É a paz que Ele nos dá, a paz de mente, de consciência e coração, não de uma consciência deturpada e distorcida, mas a paz de quem vive com a retidão, com a serenidade, seriedade e sobriedade do Evangelho. A paz de quem é justo, humilde e se submete ao poder de Deus não tem preço!

A paz é filha da coragem e da ousadia evangélica. A  mesma coragem e ousadia evangélica que teve Jesus, que não se entregou aos poderes da morte, à tristeza, à perseguição e aos perseguidores. Ele enfrentou não no embate ou no combate mundano, mas no combate do Espírito.

Jesus não entregou Sua alma para a tristeza, ainda que ela tenha tomado conta do Seu coração, batido à Sua porta, e que Ele tenha suado até sangue, pois se reergueu e encarou a vida.

Por isso, a palavra “coragem” nos remete a um outro significado: à ousadia e à parrésia de quem combate, de quem não se deixa derrotar por nenhum dos embates da vida, por quem encara e enfrenta as adversidades não com as armas do mundo, mas com as armas do Espírito, armas que vêm do coração de Deus.

Quem tem a alegria, a coragem e a ousadia que vem de Deus não se deixa abater pelas tribulações

“Coragem, eu venci o mundo”, e quem é que vence o mundo? É aquele que não se entrega para a vida mundana, não deixa o mundo tomar conta dos seus sentimentos, pensamentos, das duas atitudes e daquilo que faz.

Aquele que tem a mentalidade mundana já é um derrotado, logo, ele se sente enfraquecido, porque as coisas do mundo não têm consistência; têm muita euforia, propaganda, muito grito, elevação, mas depois é areia movediça, onde tudo cai por terra.

Quem tem a alegria, a coragem e a ousadia que vem de Deus não se deixa abater pelas tribulações, aflições, perturbações e inquietações que todos nós enfrentamos no dia a dia da nossa vida.

Quantas tribulações enfrentamos nesta vida, nós nos inquietamos até com poucas e pequenas coisas, com aquilo que não deu certo, que não aconteceu do jeito que queríamos e esperávamos, com o tempo que se fecha, com o frio que se faz, com a pandemia que bate à nossa porta e limita a nossa liberdade, como se alguém pudesse conter a nossa relação com Deus, como se a nossa vida só pudesse andar de um jeito. 

Não nos deixemos abater nem nos entreguemos às tribulações que batem à nossa porta, a nossa resposta precisa ser a coragem de Jesus! É isso que a fé faz em nós: a fé nos coloca de pé para enfrentarmos os desafios, sem nos deixarmos desanimar, mas encorajando a nós e aos nossos para vivermos um dia de cada vez na luta e no combate do Espírito.

Deus abençoe você!  


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.