22 nov 2016

Tomemos cuidado com as propagandas enganosas

Precisamos, de fato, formar seres humanos que sejam maduros na fé, mas que sejam prevenidos e preparados para saber lidar com as propagandas enganosas

“Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu!’ E ainda: ‘O tempo está próximo’. Não sigais essa gente!” (Lucas 21, 8).

A tendência do ser humano de ser enganado é muito grande, e a tendência de nos iludirmos é maior ainda. Isso acontece no aspecto geral da vida, pois somos iludidos e enganados com compras, com roupas e tudo aquilo que estão nos oferecendo por aí.

Existe a tal da propaganda, que exerce um poder de sedução, que seduz a alma, o coração e, sobretudo, a vontade, colocando as pessoas reféns daquilo que está sendo propagado, divulgado e falado.

Chamo atenção para que nos vigiemos, para que cuidemos do nosso coração, a fim de que não sejamos levados, enganados e iludidos por isso.

Nossas crianças são as primeiras vítimas do mundo da propaganda. Por que são vítimas? Colocamos nossas crianças em frente à televisão, para que ela comande o coração, a mente, o cérebro e a vontade delas. Elas ficam o tempo inteiro ouvindo o que é para propagar, o que se propaga, o que se fala. É óbvio que a criança que passou a manhã toda em frente à televisão, fica com vontade de fazer o que foi propagado ali: coisas boas, coisas ruins, sobretudo porque há uma propaganda por trás de filmes, desenhos, comerciais que todos nós conhecemos.

As crianças são seduzidas e nós adultos também! Desde o creme de cabelo até aquilo que comemos, bebemos e fazemos é levado pela propaganda que o mundo nos apresenta. Muitas vezes, temos uma atitude passiva diante delas. No mundo religioso não é diferente, descobriram o segredo e o poder que a propaganda tem para propagar, sobretudo, para seduzir, enganar e assim por diante. Por isso, as pessoas seguem filosofias, religiões, vão atrás daquele que fala bonito, que tem, muitas vezes, pânico, pavor, medo, aqueles que choram. Enfim, vemos o quanto as pessoas são iludidas e seduzidas por sofismas, falsos discursos que carecem de elementos reais.

Jesus está dizendo isso a mim e a você: “Cuidado! Porque muitos vêm em meu nome, falam em meu nome, falam por mim, mas não são os meus. São ilusões e enganos”.

Desde que mundo é mundo, desde que Deus se foi para o céu, em todos os séculos, em todas as épocas e, acho que não existiu nenhuma década da humanidade que não surgiram profetas,  pregadores, pessoas que arrebanham e levam outras atrás de si, iludindo-as, enganando, pegando a carência que há no coração humano e preenchendo com fantasias, inclusive, a respeito do Reino de Deus.

Precisamos, de fato, formar seres humanos que sejam maduros na fé, mas que sejam prevenidos e preparados para saber lidar com as propagandas enganosas, seja do mundo sedutor ou da religião sedutora, porque a Palavra de Deus não foi enviada para nos iludir nem enganar, mas para gerar confiança. Por isso, precisamos ter cuidado até mesmo com os pregadores no meio de nós, que semeiam medo e, muitas vezes, pavor nos nossos corações.

A Palavra de Deus é para nos tornar íntimos de Cristo, com fé e confiança, sem  medo nem sem pavor, porque é Cristo quem conduz a nossa vida.

Deus abençoe você!

Comentários