13 nov 2013

Tenha um coração agradecido

O primeiro sinal de uma cura plena em nossa vida é ter um coração agradecido, capaz de reconhecer a bondade de Deus presente em cada momento da nossa vida.

“Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!” (Lc 17,13).

A Palavra de Deus nos mostra os dez leprosos que vieram ao encontro de Jesus e clamaram por Sua misericórdia de forma insistente e repetida: “Senhor, tem compaixão de nós, olha para a nossa miséria, olha o quanto estamos sujos e só o Senhor pode fazer algo por nós”. Jesus nem olhou quem eram eles, mas, naquele mesmo instante, mandou que se apresentassem aos sacerdotes. Enquanto estavam a caminho, eles foram curados da lepra. 

Dos dez que foram curados, apenas um voltou para agradecer. Por isso Jesus perguntou: “Onde estão os outros nove? Eles não voltarão para dar glória a Deus?” 

Meus irmãos, o primeiro sinal de uma cura plena em nossa vida é ter um coração agradecido, capaz de dar graças e reconhecer a bondade d’Ele presente em cada momento da nossa vida. Quem não sabe agradecer, quem não sabe dar graças ao Senhor vive com o coração cheio de murmuração, de reclamação, por isso não experimenta a paz que vem de Deus. Assim, a inquietação cresce, pois não é capaz de reconhecer a bondade e a presença maravilhosa do Pai na sua vida. 

Hoje, estou convidando você a não ser um filho ingrato, não ser uma filha mal-agradecida. Saiba, a cada instante, reconhecer a presença amorosa de Deus na sua vida; e se algo o deixa atormentado como deixou esses dez leprosos de hoje, busque no Senhor a misericórdia, a cura. Clame como os leprosos: “Senhor, tenha piedade de nós! Senhor tenha compaixão de nós!”. Você não precisa ter dúvida nenhuma de que o amor de Deus virá em seu socorro. 

Uma vez que experimentamos o perdão de Deus, a primeira coisa que devemos fazer é dar graças a Ele, porque Ele é bom. Quantas vezes vamos para o sacramento da confissão pesados, cheios de coisas na nossa consciência, porque o pecado nos deixa realmente sujos, mas Deus é tão bom que nos lava, nos purifica e nos perdoa abertamente. 

Nós deveríamos sair de cada confissão com o coração rejubilado, dando graças, glorificando, bendizendo ao Senhor e dizendo: “Deus foi grande e bondoso na minha vida!”. 

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários