19 jun 2015

Semeando o bem ajuntamos o melhor tesouro

Semear o bem e exercer a bondade em todos os contextos e situações da vida é o melhor tesouro a ser acumulado para a eternidade.

“Juntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça e a ferrugem destroem, nem os ladrões assaltam e roubam” (Mateus 6, 20).

A Palavra de Deus mostra-nos qual é o verdadeiro tesouro e em que lugar devemos guardar o maior tesouro existente: a graça de Deus em nossa vida, porque, quem se encontrou com a graça, com o Reino de Deus e com o preciosíssimo coração de Jesus, encontrou-se com tudo!

Contudo, nós, muitas vezes, vivemos para ajuntar tesouros e traças nesta terra. Vivemos juntando coisas demais em nossa vida, acumulamos muitas coisas dentro de nós e em nossa casa. Preocupamo-nos em ter e reter coisas sem nem saber quem as vai usar. E isso tanto faz se para o pobre ou para o rico, porque o essencial na mensagem do Evangelho de hoje não é ser rico ou ser pobre, mas sim o cuidado que se deve ter com a cobiça, com aquilo que os olhos veem, desejam e trazem para dentro de si.

O mal da cobiça é a pessoa nunca estar satisfeita com aquilo que já tem. É o querer ter mais, é a sede da posse e a avareza pelos bens. É a necessidade do consumo de forma desmedida e sem controle. Isso nos deixa mais pobres e mais vazios, porque, à medida que desejamos os bens materiais desse modo, nós nos tornamos pessoas cada vez mais materialistas e o nosso espírito vai ficando cada vez mais reduzido no que se refere ao sentimento e ao sentido pelas coisas espirituais.

Há pessoas que só falam de coisas terrenas e para as quais que a morte é o fim de tudo, porque elas passaram a vida inteira semeando e projetando coisas somente para essa vida.

Vamos acumular um tesouro no céu: no coração de Deus! Vamos semear bastante nesta terra para colhermos na eternidade! Semear o bem, fazer o bem, praticar o bem, exercer a bondade em todos os contextos e situações da vida, tudo isso é o melhor tesouro a ser feito, é a melhor graça a ser acumulada para a eternidade.

Cuidar dos outros e nos doar para os outros sem esperar nada em troca, sem esperar retribuição das pessoas e do mundo. O tesouro que nós acumulamos não é para esta vida, é para a eternidade junto de Deus!

Por isso precisamos ser pessoas que façam o bem pelo bem de modo gratuito, não esperando nada em troca, a não ser o “amém” do coração de Deus, a não ser para guardar em Deus as virtudes que aprendemos a cultivar nesta terra.

Que cresçamos nas virtudes, nos valores evangélicos, que cresçamos semeando sementes para que o Reino de Deus possa brotar no coração das pessoas. E que sejamos cada vez menos materialistas e estejamos cada vez mais com o coração centrado em Deus!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários