17 jul 2013

Sejamos canal da graça para todos

Feliz da casa na qual ainda há alguém por onde a graça de Deus pode entrar. Existem muitos lares que ninguém ainda se abriu para receber essa graça do Senhor.

“Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos” (Mt 11, 25)

Moisés foi escolhido por Deus e chamado por Ele. Por isso, ele subiu o Monte Horeb (Monte Sinai), e lá do alto ele se colocou na presença da Senhor. Neste momento o Senhor disse: Eu sou o Deus dos seus pais, o Deus de Abraão, de Isaac e de Jacó.

Diante disso, Moisés cobriu seu rosto, pois temia olhar diretamente para Deus. Uma vez que Ele se revelou ao profeta, este passou a ser usado como instrumento nas mãos do Senhor.

Moisés foi usado por Deus para que a tão esperada libertação de Israel pudesse acontecer. Esse mesmo Deus também quer nos usar para que sejamos canais da graça. Nós nunca seremos capazes de ser a própria graça, mas precisamos assumir o papel de via que leva os outros a ela.

Talvez, hoje, você se pergunte: “Por que, na minha casa, só eu sou temente a Deus e só eu procuro fazer a vontade de Deus?”. A resposta é justamente essa leitura, pois você foi escolhido, assim como Moisés, a libertar o seu povo.

Feliz da casa na qual ainda há alguém por onde a graça de Deus pode entrar. Existem muitos lares que ninguém ainda se abriu para receber essa graça do Senhor.

Como Moisés, subamos ao monte com o rosto encoberto, mas com o coração completamente aberto, com o intuito de adorar o Deus único e santo, o mesmo de nossos pais. Assim como Moisés, coloquemo-nos à disposição do Senhor para que a graça chegue ao coração de muitas outras pessoas. 

Deus abençoe você!

:: Ouça esta reflexão no Canal Pod Homilia

Comentários