15 nov 2013

Que o nosso coração esteja em Deus

Não importa o lugar, o que importa é onde está o nosso coração. Se ele está em Deus é para Ele que vamos, mas se não está é para longe d’Ele que vai nosso coração.

“Quem procura ganhar a sua vida vai perdê-la; e quem a perde vai conservá-la” (Lc 17,33).

Meus amados irmãos e irmãs em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, no dia em que celebramos a Proclamação da República, em nossa Pátria, nós pedimos que Deus abençoe, por Seu amor e bondade, o nosso país e dirija, cada vez mais, o destino de nossa nação para que o Brasil se conserve no temor, no respeito a Sua Palavra, obedecendo Suas Leis. Feliz é a nação, cujo o Deus é o Senhor. 

No Evangelho de hoje, Deus nos mostra como devemos estar atentos, vigilantes, preparados para a Sua volta, para o nosso encontro definitivo com Ele. Senão, acontecerá conosco o mesmo que aconteceu nos dias de Noé: as pessoas vivendo de forma desmedida e despreparada, comendo, bebendo, dando-se em casamento e não se importando com a vida. 

Quando o dilúvio chegou, aqueles que estavam despreparados morreram nas águas. Nós podemos morrer longe do Senhor se apenas nos preocuparmos com as ocupações da vida cotidiana, se levarmos uma vida descompromissada, na qual os prazeres – comer, beber, embriagar-se – sejam as coisas mais importantes. Você sabe que comer e beber demais tiram a nossa vigilância, nos deixam, muitas vezes, dopados. Todos os nossos excessos nos mantêm embriagados na mente, tiram a nossa cabeça e o nosso coração da ocupação daquilo que é o essencial. Assim, não vigiamos nossos comportamentos, nossas palavras e atitudes; levamos uma vida descompromissada com Deus e com Sua Palavra. 

Quando o Evangelho diz que duas pessoas estarão no mesmo lugar, mas uma será levada e outra será tirada, é porque a vida é assim. Você pode estar com outra pessoa, com seu marido, seus filhos, com seu irmão ou amigos dentro da igreja. Um pode estar lá rezando, com o coração em Deus, mas o outro com a cabeça longe dali, com o coração bem distante. Na mesma casa, alguém pode estar vivendo no Senhor, mas o outro pode estar totalmente distante d’Ele. 

Não importa o lugar, o que importa é onde está o nosso coração. Se ele está em Deus é para Ele que vamos, mas se não está é para longe d’Ele que vai nosso coração. 

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários