27 jan 2016

Que a Palavra produza bons frutos em nosso coração

Precisamos ter sede de ouvir a Palavra, para que ela, como boa semente, caía em nossos corações e produza muitos frutos

“Aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um” (Marcos 4, 20).

 

A Palavra de Deus é semeada em nossos corações e nós a ouvimos em todos os lugares que queremos ou que nos fazemos presente. Para que essa Palavra seja anunciada, vamos à igreja, aos grupos de oração e encontros; ouvimos, pelas redes sociais, pela rádio e até mesmo abrindo um site. É a Palavra de Deus semeada que vem ao nosso encontro. E como precisamos ter sede de ouvir-la! Como precisamos ser sedentos para que ela, como boa semente, caía em nossos corações e produza muitos frutos!

Nós precisamos estar atentos aos inimigos da Palavra, e o primeiro inimigo se chama distração. Nós ouvimos a Palavra de Deus, gostamos dela, mas somos muito distraídos; então, a primeira tentação que vem é a preocupação que nos desvia o pensamento até quando estamos na igreja sentadinhos. Muitas vezes, saímos de uma Missa até sem saber o Evangelho que foi proclamado, não abrimos o nosso coração para que a Palavra produza frutos em nós.

Precisamos ser firmes com o que nos distrai. A igreja não é lugar para prestarmos atenção em outras coisas, para mexermos no celular, para brincarmos com as crianças, fazermos ruídos ou barulhos, porque tudo é distração que rouba a força da Palavra de Deus em nosso coração.

Por outro lado, a Palavra que cai em nosso coração chega com força, mas se o nosso terreno ou o nosso coração é pedregoso, começa a brotar e logo a Palavra vai sumir, porque não temos constância, somos inconstantes às tribulações, às perseguições e elas, com força, tiram a Palavra de Deus do nosso coração. Basta um sofrimento que atormente demais a nossa vida e damos mais ouvido ao sofrimento, ao problema, à preocupação do que a Palavra de Deus.

Outro inimigo que vem com muita força sufocar a Palavra de Deus em nós são as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e os desejos da alma. Gostamos da Palavra de Deus, achamos verdadeira e quanta coisa vem nos sufocar, gerar preocupações em nós e fazer com que nosso coração se deslumbre com riquezas, com prazeres, e a Palavra de Deus fica diluída, sufocada em nosso coração.

Que possamos abrir nosso coração para que seja inteiro, constante e firme, para que ela, caída e semeada em nós, produza muitos frutos!

Deus abençoe você!

repensando-a-vida

Adquira este livro de padre Roger Araújo


Comentários