20 set 2016

Precisamos ouvir e colocar em prática a Palavra de Deus

Ouvir a Deus é um exercício diário, que precisa ser praticado a cada dia, sobretudo, porque não somos mais crianças, perdemos a inocência original

Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põem em prática” (Lucas 8,21).

Gosto demais desse Evangelho (não que eu não goste dos outros)! Esse Evangelho é muito claro para nos mostrar coisas belas e maravilhosas a respeito da nossa relação com Deus e Jesus, Seu Filho.

Enquanto muitos queriam mostrar para Jesus que Sua mãe e Seus irmãos estavam ali, Ele não desprezou nenhum de seus parentes. Pelo contrário, mostrou-lhes que para ser seu parente, próximo a Ele, eram necessárias apenas duas coisas: primeiro, quem é mãe, irmão, parente de Jesus, filho de Deus, escuta-O.

O mínimo que um filho pode fazer é escutar o pai. Aliás, uma criança, quanto mais criança ela é, mais ela sabe distinguir a voz de seus pais. Aquela voz já está em seu coração. Quando acorda de manhã e não escuta nenhuma voz, nem a do pai nem a da mãe, como ela acha estranho! Ele pode estar onde for, mas de longe escuta a voz do seu pai ou da sua mãe, ela logo reconhece.

Filho é aquele que escuta e reconhece a voz do seu pai. Não somos filhos de Deus só porque somos chamados de “filhos de Deus”, mas porque viemos d’Ele! Isso é uma graça, mas ser filho do Senhor é ouvir, em primeiro lugar, Aquele que é nosso Pai. É um exercício diário, que precisa ser praticado a cada dia, sobretudo, porque não somos mais crianças, perdemos a inocência original.

Quando perdemos a inocência na vida, vamos crescendo e paramos de escutar nossos pais para escutar o mundo. Na vida espiritual é assim também, deixamos de escutar a Deus e escutamos o mundo, a carne, os nossos desejos, os nossos anseios, necessidades e prazeres. Quando está tudo sufocando e ruim, perguntamos: “Onde está Deus? Onde está Deus que não me escuta?”.

Se há alguém que escuta muito bem, é Deus. Agora, quem tem dificuldade para escutá-Lo, somos todos nós filhos que tiramos o coração de nosso Pai. Quando escutamos, obedecemos, pelo menos o bom filho é assim. A mãe diz: “Meu filho, faça isso!”, ele, que é um bom filho, vai fazer.

Não basta ouvir a Palavra de Deus, não basta ouvi-Lo. É preciso ouvir e praticar! “Sou filho de Deus!”. Por isso, meus irmãos, Jesus está nos ensinando que não basta termos laços carnais, não basta termos cargos, títulos.

Para ser de Deus, próximos de Jesus, esses dois verbos devem estar gravados e cravados em nosso coração: ouvir e praticar. Precisamos praticar o que ouvirmos do coração de Deus!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários