22 set 2014

Praticando a bondade podemos vencer a maldade no mundo

O mal não se cansa de suas maldades. O único jeito de vencermos a maldade do mundo é com a bondade do nosso coração!

Ninguém acende uma lâmpada para cobri-la com uma vasilha ou colocá-la debaixo da cama; ao contrário, coloca-a no candeeiro, a fim de que todos os que entram vejam a luz” (Lucas 8, 16).

Amados irmãos e irmãs no Senhor, convido-os a refletirem sobre a riqueza da primeira leitura da liturgia de hoje, do Livro dos Provérbios. Hoje a Palavra nos chama a viver um amor generoso, no mais extremo sentido da palavra “generosidade”. Não recuse um favor a quem dele necessita, se você pode fazê-lo.

No mundo em que nós vivemos, estamos demasiadamente ocupados com nossas coisas, com nossas obrigações, tarefas e responsabilidades. Quanto mais nos ocupamos de todas elas, tanto mais ocupados estamos com nós mesmos e com nossas coisas. Raramente, se depender de nós, vai sobrar tempo para favorecer alguém, ajudar uma pessoa, sermos solícitos com a necessidade do próximo.

Deixe-me dizer uma coisa a você: não leve a vida de qualquer jeito, não leve a vida de qualquer forma! Não basta vivermos as virtudes da honestidade, cumprir bem nossas tarefas e obrigações, pois a generosidade é uma marca registrada de quem é discípulo de Jesus Cristo, de quem é filho de Deus!

Olhem quão generoso é o coração do nosso Deus, vejam como Ele é muito bom para conosco. Nós, como filhos d’Ele, precisamos olhar para o coração desse Deus e aprender com Ele a sermos também generosos uns com os outros! Quanta gente do nosso lado precisa desse ou daquele favor. Pode ser que pessoas abusaram da sua boa vontade, pode ser que você esteja cansado e diga: “Ah, eu já fui bom demais!”. Mas a bondade, que é de Deus, não se cansa! Entretanto, é verdade que nós também não precisamos ser bobos.

“Os outros se aproveitam de nós e, porque sabem que nós não dizemos “não”, fazemos tudo que os outros querem”. Não, não é dessa bondade que estou falando. Estou falando da generosidade, da bondade inteligente, que sabe ser bom quando é necessário. Sabe cuidar, dar atenção e fazer algo para ajudar o outro sem esperar dele nada em troca; sabe socorrer o necessitado; sabe realmente emprestar para quem merece algo emprestado; sabe ter discernimento na hora de fazer a caridade.

O que tenho a dizer para você e para o seu coração é que não se canse de fazer o bem! O mal não se cansa de suas maldades e o único jeito de vencermos a maldade do mundo é com a bondade do nosso coração! Sejamos generosos, vamos dar o melhor de nós para o outro e seremos a expressão, o rosto e a mão de Deus para o mundo, tão necessitado da presença de um Pai amoroso como é o Senhor.

Que o bom Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

51%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários