25 dez 2016

O nascimento de Jesus rompe com toda escravidão

Não convém celebrar o nascimento do Senhor com excessos de bebidas, comidas e festas 

“Ela nos ensina a abandonar a impiedade e as paixões mundanas e a viver neste mundo com equilíbrio, justiça e piedade” (Tt 2,11-14).

Um Natal muito feliz e abençoado para todos nós, neste domingo de graças, quando celebramos o nascimento de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. O Natal não é uma celebração somente externa, com todas as festividades que envolvem esse grande acontecimento. O Natal acontece dentro do nosso coração, é um mistério de fé lindo e profundo, mas, ao mesmo tempo, transformador, porque traz em si aquilo que nosso coração necessita para ser liberto da impiedade, das paixões e desequilíbrios que o mundo provoca em nós. Precisamos nos permitir ser provocados por Deus, permitir que esse acontecimento seja celebrado dentro do nosso coração!

Uma palavra-chave para todos esses dias da nossa vida: sobriedade. Muito cuidado com os excessos! Já temos excessos em todas as ocasiões da nossa vida, e não podemos viver assim, porque eles nos tiram do essencial, e Deus veio trazer equilíbrio para a nossa vida.

Não convém celebrar o nascimento do Senhor com excessos de bebidas, comidas, festas e assim por diante. Tudo é muito belo e bonito, muito gostoso de ser celebrado, mas é mais maravilhoso ainda viver no equilíbrio, porque o Natal é hoje, amanhã, depois e durante toda a nossa vida! O equilíbrio do amor, acima de tudo, é estarmos juntos, conviver juntos, estar em família, poder saber que conviver é a graça maior que nós podemos ter.

Que a celebração do nosso Natal seja ocasião de vivermos o que acreditamos. Cremos que Ele é o nosso Salvador, cremos que o Verbo feito carne veio para salvar a nossa carne da escravidão do pecado, da submissão às impiedades que este mundo, muitas vezes, gera em nossa alma e em nosso coração.

O nascimento de Jesus rompe com toda a escravidão do pecado que há na humanidade! É hora de nós também rompermos com situações que não estão bem resolvidas em nós, em nossa casa, em nossa família. É hora de rompermos com inimizades, com ressentimentos, mágoas e procedimentos que não condizem com nossa vida cristã. Na verdade, é o momento, a hora e a graça de assumirmos que somos cristãos, seguidores do Cristo, esse Menino que nasceu para nos salvar.

Um Natal feliz, abençoado e cheio da graça de Deus na sua vida!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários