27 maio 2015

O coração livre serve a Deus sem esperar nada em troca

O coração livre serve a Deus sem esperar nada em troca. Quem serve a Deus de coração livre não busca recompensas nem favorecimentos por aquilo que realiza e faz!

Entre vós, porém, não será assim: todo o que quiser tornar-se grande entre vós, seja o vosso servo; e todo o que entre vós quiser ser o primeiro, seja escravo a todos (Marcos 10, 43-44).

A Palavra de Deus hoje nos convida a entendermos e a refletirmos sobre a grandeza do serviço: a grandeza, diante de Deus, daqueles que colocam sua vida a serviço dos outros, pessoas desprovidas de títulos e de reconhecimento. Quem serve a Deus de coração livre não busca recompensas nem favorecimentos por aquilo que realiza e faz!

Servir a Deus é servir sem ter ambição de trono, de aplausos e do reconhecimento humano. Tudo o que fazemos de bom aos outros não deve ser para a nossa glória, mas sim para a glória de Deus! Não é para nossa vaidade nem para o nosso engrandecimento pessoal. Nós não podemos perder o sentido do serviço, do trabalho e da doação que fazemos a Deus e ao próximo.

O nosso serviço é o serviço do bom operário que faz sem saber a quem e sem esperar reconhecimento pelo que faz, porque o mundo de hoje é movido pela lógica da ambição. Muitas pessoas ambicionam ser mais e poder mais e essa tentação vem até de quem está na Igreja. Afinal de contas, são dois apóstolos que se aproximam de Jesus para saber quem vai se sentar à Sua direita ou à Sua esquerda. Muitas pessoas fazem isso em busca de um lugar, em busca de um título, em busca da glória.

É um perigo a tentação do personalismo, no qual as pessoas dizem: “Eu me preocupo comigo, com meu nome, em ser bem visto, ser reconhecido, aplaudido”. A lógica do Reino de Deus é outra: podemos querer ser grandes, mas a grandeza diante de Deus significa servir muito, trabalhar muito, nos dedicar muito, dar muito de nós em favor do outro e não esperar receber dele nenhum reconhecimento.

Todos os reconhecimentos que as pessoas nos dão por aquilo que fazemos ou realizamos perdem seu efeito e seu sabor diante da mística divina, diante da mística cristã, diante do sentido de dar sem esperar nada em troca ou sem saber a quem.

Que Deus hoje nos ensine o caminho do serviço: do serviço livre e desimpedido no caminho de servi-Lo sem esperar aplausos nem reconhecimentos.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

49%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários