09 jan 2017

O batismo coloca nosso coração em ordem

Sejamos submissos a Deus e à Sua vontade, assim a ordem interior vai acontecer dentro do nosso coração e da nossa alma

“Jesus veio da Galileia para o rio Jordão, a fim de se encontrar com João e ser batizado por ele” (Mateus 3, 13).

Hoje, celebramos a Festa do batismo de Jesus! Uma vez que celebramos o Seu batismo, celebramos também a festa do nosso batismo, porque todos somos batizados e incorporados em Deus, em Jesus Cristo, Nosso Senhor e Salvador.

Por que Jesus foi batizado? Um gesto de humildade profunda, pois o Autor do batismo não precisava ser batizado, mas a justiça completa se cumpre na humildade de Cristo, no caminho que já estava percorrendo. Se outros se submeteram a serem batizados por João, Cristo também quis, por livre e espontânea vontade, submeter-se a isso.

Porque, na verdade, a vida de Cristo é uma total submissão à vontade de Deus. A submissão de Cristo passa pela humilhação, e a humilhação é, muitas vezes, um gesto de profunda humildade. Jesus, humildemente desceu da condição divina para se fazer homem no meio de nós. Submeteu-se humildemente a viver no seio de uma família, submeteu-se a ter uma mãe; e agora se submete à ser batizado por um homem, por João.

O batismo deve, de fato, promover em nosso coração a graça da humildade e arrancar do nosso interior as raízes do orgulho, da soberba, essa maldição que quer fazer de nós pessoas superiores, melhores que os outros, melhores que Deus, melhor que tudo.

Estamos numa constante luta dentro do nosso coração para vencermos uns aos outros. O batismo coloca-nos no nosso lugar, faz-nos assumir aquilo que, de fato, somos ou devemos ser: filhos e filhas de Deus! E os filhos de Deus vivem uma submissão a Deus.

A palavra “submissão” pode parecer até muito desgastada nos dias de hoje, porque ela é muito mal usada e mal vivida. Filhos precisam ser submissos aos pais, empregados precisam ser submissos aos patrões.

No mundo não há submissão, e quando eu falo em submissão não é simplesmente estar de cabeça baixa, porque tem que concordar com tudo. Mas submissão é permitir que a ordem aconteça, que a disciplina organize e conduza a nossa vida.

A desordem no mundo espiritual aconteceu quando os anjos de Deus não se submeteram a Ele. Desobedeceram ao Senhor! E nós sabemos a desordem e a desgraça que foi! No nosso mundo humano, nosso mundo material, todos os desastres acontecem quando não há submissão às leis, às autoridades; no casamento, cada um faz o que quer! Quando não há submissão no trabalho, fazemos o que queremos, a hora que chegamos, a hora que queremos. E você sabe que tudo isso provoca desordens.

O batismo que recebemos é para quebrar as desordens interiores que há em nós, é para fazer de nós pessoas submissas, em primeiro lugar a Deus, à Sua vontade e nos ajudar a viver de forma ordeira, correta e justa no mundo em que estamos.

Sejamos submissos a Deus e à Sua vontade, e a ordem interior vai acontecer dentro do nosso coração e da nossa alma.

Só há um jeito de salvarmos este mundo: sendo submissos a Deus, Senhor e Criador de todas as coisas. O Seu Filho se fez submisso a Ele pelo batismo, e se fez submisso às condições deste mundo vivendo na humildade de coração.

Batiza-nos, Senhor, com Tua graça e Espírito. Revitaliza em nós a graça do nosso batismo!

Deus abençoe você!

Comentários