26 abr 2017

Nossa vida foi transformada pela presença de Cristo

Precisamos mostrar para o mundo que a nossa vida foi transformada pela presença de Cristo no meio de nós

“‘Ide falar ao povo, no Templo, sobre tudo o que se refere a este modo de viver’. Eles obedeceram e, ao amanhecer, entraram no Templo e começaram a ensinar” (At 5,20-21).

Amados irmãos e irmãs, os chefes da religião judaica estão furiosos com os discípulos de Jesus Cristo Crucificado, porque eles anunciam a todos os cantos que Jesus está vivo e ressuscitado.

Não podendo segurar nem conter a verdade de que Jesus está vivo, mandam [os chefes da religião judaica] prender os discípulos de Jesus. Eles ficam presos, mas, na cadeia, são visitados pelo anjo, que ordena: “Ide ensinar no templo esse modo de viver. Ensinai tudo que se refere a esse modo de viver”.

Veja bem, isso é muito importante para nós. A vida cristã não é um conjunto de doutrinas e ensinamentos dogmáticos. A vida cristã é, em primeiro lugar, um modo de viver e, acima de tudo, a vida em Deus.

Algumas pessoas acham que evangelizar, catequizar, é ensinar doutrina às pessoas, ensinar mandamentos e sacramentos. Maravilha, isso tem que ser ensinado! Mas, acima de ensinar, precisamos aprender como se deve viver, como levar a vida em nome de Jesus.

Ser cristão é justamente ter a vida em nome de Cristo, fazer tudo o que fazemos em nome do Senhor, porque cremos n’Ele e Ele é a razão da nossa vida. Por isso, o anjo está ordenando que os cristãos ensinem às pessoas esse modo de viver.

Vivemos num mundo paganizado, onde muitos costumes pagãos estão infiltrados em nosso meio. Se a missão dos cristãos na vida primitiva era ensinar as pessoas a viver conforme o modo de Jesus, hoje, estamos permitindo que o contrário aconteça. Estamos permitindo que os pagãos nos ensinem elementos e formas paganizadas de vida.

A primeira coisa: uma vida cristã não se faz sem oração! Não podemos imaginar um cristão que não ore, que não fale, que não tenha vida de comunhão com Deus, que reze pela manhã apenas fazendo um sinal da cruz assim que se levanta, mas é dedicar um pedaço do tempo para orar, para estar na presença de Deus.

Não posso imaginar que um cristão, uma família cristã se reúna para comer como os pagãos, sem nem fazer uma oração. Não oramos nem agradecemos a Deus pelo alimento que Ele nos deu. Não podemos imaginar uma vida cristã sem a prática da caridade, mas não é caridade de dar esmola de vez em quando, mas a caridade de cuidarmos uns dos outros, de vivermos a caridade para com os irmãos mais sofridos e necessitados.

No mundo em que estamos, muitas vezes, vejo pessoas que não são nem cristãs praticando mais caridade do que nós. Quem é cristão testemunha, anuncia e proclama Jesus, leva o nome d’Ele a outras pessoas e a outros corações.

Irmãos e irmãs, não precisamos levar teorias para a vida das pessoas, precisamos mostrar para o mundo que a nossa vida foi transformada pela presença de Cristo no meio de nós.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Setembro

47%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários