12 jul 2014

Não tenhamos medo de testemunhar que Cristo é o nosso Senhor!

O que nos faz discípulos de Jesus é testemunhar, com nossos atos e nossas atitudes, que nós cremos que Jesus é o Nosso Senhor!

“Portanto, todo aquele que se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que está nos céus” (Mateus 10, 32).

 

O apelo de Jesus, hoje, ao nosso coração, é para que não tenhamos medo nem receio de testemunhar a presença de Deus em nossa vida. Existem, em muitos lugares, os chamados cristãos anônimos, existem os chamados judeus messiânicos, porque, nesses lugares, não se é permitido assumir a fé cristã. Em muitos países de outras tradições religiosas o declarar-se cristão se torna um crime.

E como é que se faz para ser cristão nesses lugares? Acima de tudo pelo testemunho de vida; os cristãos não devem ser apenas conhecidos pela cruz no pescoço, pelo terço que carregam ou pela Bíblia debaixo do braço, mas sim pelo testemunho de vida, testemunho de oração, de comunhão com Deus, aquela oração pessoal que se desemboca na vida prática, na capacidade de amar o próximo, o semelhante; na capacidade, acima de tudo, de perdoar como só um discípulo de Jesus sabe fazê-lo.

Nós temos um diferencial, não é porque a nossa religião seja melhor ou mais importante do que as outras. É porque a força do Evangelho, em nós, nos chama, nos ajuda e nos encoraja a sermos sal, luz e fermento no mundo. Ser sal, luz e fermento no mundo significa viver de forma genuína a mensagem do Evangelho em nosso coração.

O perdão para nós é força de vida! Amar quem não nos quer bem é decisão evangélica, por isso, esses cristãos [onde há perseguição religiosa] vivem no mundo em que estão impedidos de viver a sua fé pelo testemunho.

E se onde nós estamos há liberdade de culto, liberdade de pregar o Evangelho, aí é que não podemos relaxar, aí é que o nosso testemunho precisa ser mais convicto. Não é o fato de carregarmos uma cruz e lermos a Bíblia ou de irmos para a igreja que nos torna melhores ou maiores cristãos – isso nos torna até mais responsáveis. Mas o que nos faz discípulos de Jesus é testemunhar, com nossos atos e nossas atitudes, que nós cremos que Jesus é Nosso Senhor!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários