05 fev 2014

Não deixe que suas dúvidas sejam maiores do que sua fé!

Não deixe que sua razão, seus questionamentos, suas incertezas e suas dúvidas sejam maiores do que a sua fé e convicção em Deus e o levem à incredulidade!

”Quando chegou o sábado, começou a ensinar na sinagoga. Muitos que o escutavam ficavam admirados e diziam: ‘De onde recebeu ele tudo isto? Como conseguiu tanta sabedoria? E esses grandes milagres que são realizados por suas mãos? Este homem não é o filho do carpinteiro, o filho de Maria e irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão?”’ (Mc 6, 2-3).

 

Meus irmãos e minhas irmãs, muitos daqueles que estão vendo os milagres, muitos daqueles que estão vendo a eloquência e a sabedoria dos ensinamentos de Jesus começam a questionar, a duvidar e a reagir de forma puramente racional: ”De onde vem tanta sabedoria? De onde vem o poder para realizar tantos milagres, de onde Ele tirou tudo isso”. De modo que o excesso de questionamento lançava aquelas pessoas na incredulidade.

Jesus estava em Nazaré, praticamente Sua terra natal, foi ali que Ele cresceu, ali que estavam Seus parentes, ali que estavam as pessoas que O viram crescer; no entanto, elas simplesmente agiram de forma extremamente racional. E o extremo da razão, o racionalismo, nos leva à incredulidade, nos leva simplesmente a buscar na razão e, na pura razão, a resposta para todas as coisas da vida. A razão é maravilhosa, é um dom, é uma graça de Deus para a vida humana, contudo, essa virtude precisa ser iluminada pela fé!

É obvio que a fé é algo sublime, só aqueles que se lançam para a ter, que se abrem para o dom e a graça da fé, podem sobreviver e viver dessa graça [fé]. E podem contemplar realidades invisíveis aos olhos humanos e podem compreender a ação de Deus em nosso meio.

Ao passo que quem vive do que é irracional, quem vive só para a sua razão e com os seus questionamentos, muitas vezes, ou nenhuma vez, não consegue tocar no dom e na graça de Deus. Nós não podemos racionalizar a graça, meus irmãos, nós não podemos simplesmente querer ver o Reino de Deus acontecer de forma simplesmente lógica, porque a graça de Deus ultrapassa, muitas vezes, a lógica humana.

É por isso que aquelas pessoas não puderam contemplar os milagres do Senhor, é por isso que Jesus não pôde fazer muita graça acontecer no meio delas, porque elas simplesmente questionavam aquilo que Ele fazia.

Não deixe seus questionamentos, suas incertezas e suas dúvidas serem maiores do que a sua fé! Não permita que a razão e tudo aquilo que o mundo questiona sejam mais altos do que a sua convicção em Deus. Nós que vivemos da fé somos também movidos por esta mesma fé!

Que a fé, a confiança e a certeza daquilo que Deus faz em nosso meio nos ajudem a contemplar a graça de Deus agindo no meio de nós!

Deus abençoe você!

 

Comentários