22 ago 2016

Maria é para nós modelo de entrega a Deus

Maria nos ensina a sermos de Deus, a nos tornarmos bons súditos e servos do Reino no qual ela também se fez serva

“Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus” (Lucas 1, 30).

 

Celebramos, hoje, a coroação de Nossa Senhora como Rainha do Céu e da Terra, e quem a está coroando e reconhecendo como Rainha e Senhora é o próprio Deus.

A coroação de Maria é o reconhecimento do Senhor por aquilo que Ele fez no coração e na vida da Bem-aventurada. A coração não é pelos méritos dela ou porque ela é deusa ou semideusa. Maria é mulher como qualquer uma de nossas mulheres; tão mulher, tão serva de Deus e humilde.

Deus pega uma criatura tão pequena, considerada muito simples para o lugar onde nasceu e viveu, Ele escolhe os pequeninos, não escolhe os maiores nem os mais importantes, e em cada um faz grandes coisas.

A Virgem soube aproveitar cada uma das coisas que Deus foi realizando em sua vida; ela respondeu com fidelidade, amor e oblação, ou seja, submissão à sua vontade, à vontade de Deus e aos desígnios divinos para a sua vida.

Coroar Maria é reconhecer nela a humanidade salva e redimida, é coroar a fidelidade e reconhecer nela uma mulher que foi inteira de Deus, pois Ele é o primeiro na vida dela.

Quando reconhecemos que Nossa Senhora é Rainha do Céu e da Terra, queremos reconhecer que ela é rainha do nosso coração e da nossa vida. Cada um tem direito de ter seu rei e sua rainha na vida. Jesus é Rei de nossas vidas! Há rainhas em tantos lugares e países! Há rainha do basquete e do vôlei, dessa ou daquela situação; precisamos dizer que nós temos uma Rainha no nosso coração e na nossa vida.

Maria é para nós modelo, escola, serviço e entrega ao Reino de Deus. Quando aprendemos com ela como devemos ser de Deus, tornamo-nos bons súditos e servos do Reino no qual ela também se fez serva.

Deus abençoe você!

Comentários