25 mar 2014

Maria é a grande colaboradora no mistério da redenção!

A Virgem Maria é a grande colaboradora no mistério da redenção; é aquela que, com seu ”sim”, com sua entrega e com sua disponibilidade, permite a realização da operação mais maravilhosa que já houve na face da terra!

”Maria, então, disse: ‘Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!”’ (Lucas 1,38).

 

Nós temos a graça de celebrar hoje a Solenidade da Anunciação do Senhor, por isso nós interrompemos o tempo que vivemos da Quaresma para entrarmos em sintonia com outro tempo de graça, que é o tempo do Natal. Nós, hoje, celebramos, com nove meses de antecedência, o princípio da Encarnação do Verbo Divino: a maneira como Deus entrou na nossa história para se fazer um de nós. Usaremos primeiro a opção de Deus ou a ação de Deus: foi Ele quem quis, foi Ele que escolheu o meio e o caminho para nos salvar.

Bendito seja Deus porque Ele não nos deixou sozinhos, não nos deixou no cativeiro da morte e do pecado, mas quis nos salvar; por isso, o Verbo Divino se encarna hoje no ventre de Maria. O divino se encontra com o humano e o humano se abre, como dom, para receber essa graça divina. De um lado Deus, que toma a iniciativa e do outro, a humanidade na pessoa da Virgem Maria, que se abre para receber esse dom de Deus.

Louvado seja Deus pelo ventre de Maria, louvado seja Deus pela disponibilidade e pela docilidade da Virgem Maria, que diz o seu “sim” a Deus e que se abre de corpo e alma para que nela se opere o mistério da salvação da humanidade!

A Virgem Maria é a grande colaboradora no mistério da redenção; é aquela que, com seu ”sim”, com sua entrega e com sua disponibilidade, permite a realização da operação mais maravilhosa que já houve na face da terra: é uma nova criação que se inicia no seu ventre. O mesmo Deus, que criou todas as coisas no princípio, agora cria uma nova humanidade, cria um novo Homem, um novo Adão, na pessoa de Jesus. Jesus não existia antes de Maria, humanamente falando, Ele existia na sua condição divina, como Verbo Divino. Cristo o Senhor se torna homem, Jesus Nosso Salvador, por essa união maravilhosa e sagrada do Espírito Santo, que se une à nossa natureza humana na pessoa de Nossa Senhora.

A Santíssima Virgem Maria não é divina, mas divinamente se abre para acolher a ação de Deus em sua vida. Ela agora é a nova mulher, a primeira recriada por Deus na nova humanidade que Ele começa a partir dela. Bendito sejas, nosso Deus, pelo ventre que Te acolheu, pelos seios que amamentaram Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Hoje, nós comemoramos o nascimento e o início de uma nova humanidade, nós celebramos com todo o amor, alegria, glórias aos céus, o “sim” de Maria, o “sim” redentor para todos nós!

Que Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários