20 jan 2017

Jesus nos deu autoridade para expulsar os demônios

A autoridade que Jesus nos deu, em Seu nome, é para expulsarmos os demônios

“Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, com autoridade para expulsar os demônios” (Marcos 3,14-15).

Jesus escolheu doze e os designou com autoridade para pregar e expulsar os demônios. É bonito ver Jesus chamando cada um pelo nome: Pedro, Tiago, João, André, Filipe, Bartolomeu, Mateus… e cada um é singular para Deus. O nome de cada um têm uma importância única no coração do Senhor.

O modo como Deus nos chama é também pelo nome. Ele nos chama de José, Paulo, Maria, porque para Ele não somos coletividade. Para Ele somos a individualidade, somos singular, somos únicos! Olhando para nós, Deus está primeiro nos chamando, e uma vez que respondemos ao Seu chamado, Ele nos coloca no apostolado.

Deus precisa de cada um de nós exercendo um apostolado nesta vida! O apostolado é uma responsabilidade que recebemos para exercer em nome de Jesus, onde quer que nós estejamos, a começar pela família, pela casa onde estamos. Temos de ser apóstolos em nome de Jesus na família que nos foi designada. Você, como pai ou como mãe; eu como padre, o outro como missionário. Enfim, no campo onde você se encontra, exerça o seu apostolado, e que seja eficaz e prodigioso, que produza muitos frutos e traga muitos discípulos para o Reino de Deus.

Os apóstolos do Senhor, primeiro, precisam ficar com Ele, precisam ficar na Sua companhia. Às vezes, ficamos soltos por este mundo, e não existe apostolado solto. O nosso apostolado é exercido na presença de Jesus.

Aprendemos primeiro com Jesus. Está aí a importância do apóstolo ter vida de oração, ter vida de relação pessoal com Jesus. É importante o apóstolo colocar-se para ouvir a Palavra de Jesus, escutá-Lo falando ao seu coração, ter vida de comunhão com Ele. Depois, o apóstolo é enviado para pregar. E digo a você: pregue a Palavra de Deus com simplicidade, com humildade, mas com autoridade de alguém que é aberto à Palavra de Deus.

Pregue a Palavra de Deus na sua casa, para sua família, para os seus filhos. Não precisa subir num púlpito para pregar. Que bom quem tem o dom de subir nos púlpitos e prega ali também. Mas onde quer que você esteja, seja um homem, uma mulher que prega e anuncia a Palavra de Deus. Com essa verdade, expulse os demônios.

Quando falamos em expulsar demônios, as pessoas pensam em grandes exorcismos, nos demônios que tomam conta das pessoas. Existem muitos “demoniozinhos” atormentando a nossa vida, mas o mais importante não é isso. O mais importante é que precisamos expulsar o que nos divide, que causa entre nós atritos; precisamos expulsar aquilo que causa divisão interior em nossa alma e coração.

Não podemos deixar que as obras das trevas reinem dentro de nós. Não podemos deixar que as obras das trevas estejam circulando as nossas relações comunitárias, a nossa família, os nossos lares, a nossa vida eclesial. A autoridade que Jesus nos deu, em Seu nome, é para expulsarmos os demônios.

Que Deus nos dê a graça de sermos bons apóstolos, de exercermos o apostolado do amor e da caridade onde quer que nós estejamos!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários