02 dez 2015

Jesus cuida de todas as nossas enfermidades

Não deixemos de apresentar a Jesus as enfermidades da alma, do coração e da mente, para que a Sua graça restaure aquilo que em nós possa estar enfermo

Numerosas multidões aproximaram-se dele, levando consigo coxos, aleijados, cegos, mudos, e muitos outros doentes. Então os colocaram aos pés de Jesus. E ele os curou (Mateus 15,30).

 

Todos os enfermos e enfermidades precisam ser apresentadas aos pés de Jesus, colocadas aos pés do Mestre, porque é Ele quem cuida de nossas doenças e enfermidades. Não podemos esperar ficarmos sadios para nos aproximarmos d’Ele; pelo contrário, é do jeito que estamos, é com as enfermidades do corpo, da alma, do espírito, da mente e de todo o nosso ser que nos aproximamos do Senhor.

Jesus é o homem curado. Como Ele viveu a plenitude do amor e da graça, teve em si a cura por excelência. Olhar para Jesus, contemplá-Lo e estar aos pés d’Ele é permitir que Sua ação em nós nos cure.

O problema não é ser coxo, aleijado, surdo ou mudo, mas viver traumatizado por alguma deficiência, por algum trauma na vida, o qual leva à rebeldia, insatisfação, blasfêmia e revolta com a vida. É tão bom ver uma pessoa que, mesmo numa cadeira de rodas ou há alguns anos em cima de uma cama, é plenamente curada, tem paz consigo, tem paz em seu espírito! Na verdade, é uma lição de vida para todos nós que, talvez livres de debilidades físicas, estejamos com a alma e o coração muito atormentados pela insatisfação, pelas reclamações da vida, por não termos prazer no que fazemos.

Leia também:

:: Oração de libertação de nossa casa
:: Oração de cura interior pelas etapas da vida

Temos de apresentar a Jesus, todos os dias, nossas enfermidades: “Senhor, nós somos cegos, coxos, muitos de nós estão verdadeiramente enfermos no corpo, na alma e no espírito!”.

Jesus deseja nos curar. Não podemos só levar os doentes até Ele ou esperar que os enfermos se encontrem com Ele, o que nós precisamos é, a cada dia, apresentar ao Mestre as nossas doenças e enfermidades. Não tenhamos receio, inclusive, de apresentar as nossas enfermidades físicas, aquilo que começa a nos preocupar de dor, de aflição, mas não deixemos de apresentar a Jesus as enfermidades da alma, do coração, da mente, para que a Sua graça restaure aquilo que em nós possa estar enfermo.

Jesus, nós confiamos em Ti e na Tua graça, seja para nós cura e libertação!

Deus abençoe você!

Comentários