02 fev 2016

Entreguemos nossos filhos aos cuidados do Senhor

Se nós quisermos famílias abençoadas, precisaremos fazer da entrega e consagração um ato constante em nossa vida

“Maria e José levaram Jesus a Jerusalém a fim de apresentá-lo ao Senhor” (Lucas 2,22).

 

O Menino Jesus tinha apenas 40 dias quando Seus pais O levaram ao templo. Para cumprir a lei, a prescrição judaica, Ele foi apresentado e consagrado ao Senhor.

Essa é a tarefa de um pai, de uma mãe, que vão não somente cumprir uma lei, uma prescrição, mas, de fato, entregar o Menino a Deus para que o Senhor conduza Seus caminhos. Isso fazia parte da tradição judaica.

Permita-me dizer: parece que levamos nossas crianças para serem batizadas, consagradas a Deus por causa da tradição. No entanto, não podemos fazer do batismo apenas uma questão de preceito, mas sim uma entrega de vida, a entrega de nossos filhos, de nossas crianças, para que sejam de fato consagrados a Deus. É preciso que eles sejam apresentados ao Senhor todos os dias de nossa vida.

O batismo é uma ocasião por excelência, é um sacramento. Como seria bom se cada um dos nossos pais, cada um dos padrinhos escolhidos, fizessem isso com tanto amor, reverência e o fizessem realmente em espírito de oração! Que não se preocupassem tanto com o bolo, a festa e recepção, mas sim com a graça do sacramento.

Eu digo mais: como seria bom se as mães, que esperam a criança em seu ventre, juntamente com os pais, colocassem a mão na barriga e consagrassem seu filho a Deus! Entregue seus filhos ao Senhor!

Quando eu digo para consagrarmos os nossos a Deus, não é porque eles precisam ser padres ou freiras – oxalá os que forem chamados, escolhidos, que assim o sejam! –, mas o mais importante é que eles sejam de Deus.

É muito importante que os nossos filhos, assim como Jesus, cresçam e se fortaleçam na sabedoria e na graça de Deus. Para crescer em sabedoria, fortaleza e graça, é preciso estar, todos os dias, na presença do Senhor. Você quer consagrar sua casa, seus filhos a Deus? Em primeiro lugar, tenham o costume de orar juntos. Desde pequenos, acostume seus filhos à oração. Que não seja uma oração pesada, enfadonha, mas sim um momento abençoado, único.

Você quer consagrar sua família a Deus? Que ela se lembre, pelo menos, de rezar em torno da mesa. Quantas vezes os nossos comem de qualquer jeito, não fazem sequer o sinal da cruz. Se nós queremos famílias abençoadas e consagradas, precisamos fazer da entrega e consagração um ato constante em nossa vida.

Precisamos trazer Deus para dentro de nossa casa. Sabe pai, sabe mãe, criar filhos, nos dias de hoje, não é fácil. Talvez seja a tarefa mais difícil da humanidade, mais difícil até que encontrar a cura para tantas doenças. Não é uma tarefa impossível, mas se com Deus já é difícil, sem Ele é praticamente impossível.

Entreguemos nossos filhos aos cuidados do Senhor!

Deus abençoe você!

repensando-a-vida

Adquira em nossa Loja Virtual o livro do Padre Roger


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários

Outubro

42%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários