10 ago 2014

Com Deus enfrentamos as ondas agitadas do mar da vida

Deus nos ajuda a atravessar os mares da vida e a enfrentarmos as ondas agitadas do mar da vida com a cabeça erguida e com a certeza de que Ele está conosco.

Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!” (Mateus 14, 27).

 

A barca dos discípulos já estava longe da terra e, uma vez que estava distante da terra em meio ao mar, as ondas agitadas vieram ao encontro do barco, sobretudo porque o vento era contrário. Da mesma forma, nós, quando está tudo calminho, está tudo bem, seguimos bem, mas quando aparecem os ventos contrários – que são as adversidades, dificuldades, problemas e situações conflituosas  o barco da nossa vida começa a se agitar, o desespero bate à nossa porta e ao nosso coração. E aí vêm o medo e o desespero – “O que vou fazer!? O que vai ser da minha vida? Que caminho eu vou tomar?”.

Deixe-me dizer a você: tudo isso vem ao nosso encontro porque, quando as ondas se agitam, nós, muitas vezes, não estamos com o coração em Jesus, Aquele que é Senhor do mar da nossa vida. Enquanto os discípulos estavam ali, apavorados, temerosos e receosos com o que acontecia, o Mestre Jesus estava na comunhão com o Pai, abastecendo-se e se alimentando, por isso enfrentou, com a serenidade necessária, os agitos do mar da vida.

Deus não quer que sucumbamos, Ele não quer que nenhuma tempestade nos derrube e nos afogue e que sejamos tomados pelos desesperos da vida. Muito pelo contrário, Deus quer nos ajudar a atravessar os mares da vida – enfrentando os ventos contrários e as ondas agitadas do mar da vida – com a cabeça erguida e com a certeza de que Ele vem ao nosso encontro e que nós não precisamos ter medo porque Ele está conosco.

A fé nos dá coragem, nos dá entusiasmo, não nos deixa prostrados em cima de uma cama, temerosos de enfrentar a vida. A fé não nos deixa acuados, perdidos, a fé nos levanta, nos reacende, nos reanima, nos dá perspectiva e esperança de que podemos sempre começar de novo, porque o Senhor está conosco e não nos abandona jamais!

É verdade que nós O abandonamos, é verdade que nós seguimos do nosso jeito e do nosso modo a vida e, algumas vezes, voltamos para Ele só quando o mar se agita, só quando as coisas estão difíceis e complicadas. Quem anda com o Senhor em todos os momentos, nas horas boas e nas mais difíceis, não vai se perturbar quando o mar se agitar. Por mais escuras e obscuras que possam parecer as estradas da vida, nós temos a convicção de que Deus caminha conosco.

O Senhor nos estende a mão quando parecemos estar sozinhos ou abandonados, Ele está conosco! Ele é o Deus do mar, da terra, das tempestades, o Deus que nos segura pela mão quando tudo parece difícil ou sem jeito.

Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários